Bastidores da terceira vitória no returno

O Clube do Povo contou com a força aérea de Yuri Alberto e Rodrigo Dourado para vencer o Bahia, no último domingo (26/09), por 2 a 0. Válido pela 22ª rodada do Brasileirão, o confronto, disputado no Beira-Rio, foi o terceiro consecutivo encerrado com triunfo do time de Aguirre, que já ocupa a sétima colocação nacional, a um ponto do G6. Confira os bastidores da partida!

Pós-jogo | Aguirre e jogadores comemoram terceira vitória seguida

Três jogos, três vitórias: assim pode ser resumido o returno colorado no Brasileirão de 2021. Com gols de Yuri Alberto e Rodrigo Dourado, o Clube do Povo superou o Bahia, na tarde deste domingo (26/09), pelo placar de 2 a 0. Após a partida, válida pela 22ª rodada nacional, o técnico Diego Aguirre concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa do Beira-Rio, e repercutiu o importante resultado conquistado por seus comandados. Confira as principais aspas:

“No começo de jogo, eles perderam o Rodriguinho e colocaram mais um atacante. Para controlar melhor, falamos com um dos nossos volantes, que poderia ser o Lindoso ou o Dourado, que jogassem numa posição à frente dos atacantes. Foi algo que fizemos durante o jogo, aos 10 minutos. Mas estou muito feliz. Eram três pontos fundamentais para, definitivamente, pensar em coisas importantes.””

Diego Aguirre

“A intenção foi, primeira coisa, do objetivo grande que tínhamos hoje, a vitória. Estamos em uma sequência muito boa, mas temos que afirmar isso, continuar nesse caminho. Acho que o time jogou com tranquilidade, controlou o jogo. É verdade que não tivemos muitas situações, mas aproveitamos as que criamos. Ganhamos merecidamente, com autoridade, personalidade, impondo o ritmo durante quase 90 minutos.”

Diego Aguirre

Ainda no gramado do Beira-Rio, o artilheiro do primeiro gol colorado conversou de maneira exclusiva com as redes sociais do Inter. Yuri destacou o bom momento do Clube do Povo como mandante, além de comemorar a efetividade de sua parceria com Edenilson, garçom do gol que abriu o caminho para a vitória no Gigante. Veja:

Quem também falou no encerramento do jogo foi o lateral-direito Heitor. Titular neste domingo, o defensor também ressaltou a consistência apresentada pela equipe nas últimas partidas, além de elogiar o novo uniforme do Clube do Povo – que não será entregue pelo atleta a nenhum parente!

Força aérea resolve, e Inter vence Bahia por 2 a 0 no Beira-Rio

Vence o Clube do Povo! O Inter superou o Bahia por 2 a 0, na tarde deste domingo (26/09), em partida da 22ª rodada do Brasileirão. Yuri Alberto e Rodrigo Dourado marcaram os gols do triunfo colorado, terceiro consecutivo no Nacional, que leva o time de Aguirre, invicto há oito partidas, aos 32 pontos na tabela.

Sétimo colocado, o Inter volta a campo na noite do próximo sábado (02/09), quando visita o Atlético-MG, líder do Campeonato Brasileiro, no Mineirão. O duelo, que integra a 23ª rodada nacional, ocorre a partir das 21h, e será o último disputado pelo Clube do Povo antes de interrupção no calendário colorado em virtude da convocação de Edenilson para a disputa de rodada tripla das Eliminatórias para a Copa do Mundo.


Jogo enroscado

Internacional e Bahia não criaram grandes chances no primeiro tempo, que acabou definido pelo quilate das individualidades coloradas. Dono da posse de bola e da iniciativa, o Clube do Povo apostou bastante na força aérea de Patrick, constantemente acionado, em especial por Heitor e Lindoso, nas costas de Nino Paraíba. Embora criadas, porém, as oportunidades assim tramadas não levaram verdadeiro perigo ao gol de Mateus Claus, que esteve bastante seguro até os minutos finais.

De sua parte, o Bahia, que iniciou o confronto com postura mais tímida, custou a se soltar dentro das quatro linhas. A principal arma explorada pelo Esquadrão foi o pivô de sua dupla de centroavantes Rodallega e Gilberto, que exibia simpatia pelo corredor direito do ataque tricolor. A melhor oportunidade do rival, inclusive, saiu dos pés do segundo, que ficou com a sobra de cruzamento não desviado pelo primeiro. Daniel, seguro, salvou o Inter, praticamente inaugurando o melhor momento da etapa inicial.

Aos 39, Edenilson demonstrou atenção maior do que a zaga rival para, em pouquíssimos segundos, receber a bola do gandula e cobrar escanteio na primeira trave. Yuri Alberto, igualmente ligado, atacou o cruzamento em velocidade. Fulminante, o testaço do camisa 11 morreu nas redes de Mateus Claus, que nada pôde fazer para impedir o tento colorado. Com vantagem parcial, o Inter retornava aos vestiários embalado.


Espaços para os dois lados

As emoções que faltaram na etapa inicial apareceram em grande quantidade no tempo final. Logo dos vestiários, o Bahia retornou ofensivo, disposto a buscar a igualdade o quanto antes. Ao mesmo tempo que se soltava, contudo, o Esquadrão oferecia espaços na retaguarda, facilitando o jogo de contra-ataques do time de Aguirre. Aos 15, Yuri quase ampliou em um desses, enquanto o Tricolor, no minuto 23, só não chegou ao empate por milagre de Daniel.

Franco, o jogo teve no Internacional o autor de seu segundo gol. Aos 30, Victor Cuesta aproveitou a sobra de escanteio parcialmente cortado pela zaga e, da intermediária esquerda de ataque, levantou na segunda trave. Mortal, Dourado desviou de cabeça para o chão, impossibilitando qualquer intervenção de Matheus Claus. Nos instantes finais, tanto Colorado quanto Esquadrão voltaram a assustar, mas ninguém tornou a mudar o placar. Fim de jogo, e vitória confirmada!


Primeiro tempo

2min – UH! Yuri recebe de Edenilson, invade a área caindo pela esquerda, supera dois marcadores e tenta o cruzamento rasteiro para Patrick. Lucas Fonseca abafa o passe, e a bola sai em escanteio.

8min – Lindoso recebe de Heitor e, pela direita da intermediária de ataque, levanta na segunda trave. Patrick desvia, Mateus Claus encaixa.

10min – Muda o Bahia. Gilberto entra, Rodriguinho, lesionado, sai.

11min – UUUUUUUH! Taison, Paulo Victor e Patrick tabelam pela esquerda. O camisa 10 recebe do Pantera e, de fora da área, finaliza forte. Com desvio, ela sai em escanteio.

18min – ENCAIXA O GOLEIRO! Heitor recupera a posse para o Inter no campo de ataque, costura da direita para o centro e busca Yuri na profundidade. Camisa 11 domina abrindo ângulo para a perna direita e tenta o cruzamento, que desvia na zaga e morre nas mãos de Mateus Claus.

19min – Mugni amarelado por carrinho em Heitor.

26min – Heitor recebe o cartão por falta em Juninho Capixaba.

29min – Não é replay: Lindoso levanta da direita, Patrick ganha pelo alto na esquerda. Bola sai em tiro de meta.

33min – Após cobrança curta de escanteio, Heitor levanta na área pela direta. Cuesta desvia, Claus encaixa.

36min DA-NI-EL! Juninho Capixaba cruza da esquerda, a bola passa por Rodallega, mas Gilberto consegue o domínio na segunda trave. Atacante soteropolitano solta a bomba, goleiro colorado defende.

36min – Amarelo para Rodriguinho, falta feia em Patrick.

39min – GOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! YURI, YURI, YURI ALBEEEEEEERTO! TESTAÇO, COM ASSISTÊNCIA DE SUPERED! Da direita, Edenilson cobra escanteio antes mesmo da zaga rival se posicionar. Em altíssima velocidade, Yuri ataca a primeira trave e cabeceia com força. No ângulo, Claus até voa, mas sem nenhuma chance de defesa. Bola na rede, festa colorada!

O gol de Yuri Alberto na narração da Rádio Colorada

45min – Vamos a 48! Mais três.

47min – Gilberto, de muito longe, cobra falta direta. Forte, a bola sai em tiro de meta para o Inter.

48min – Intervalo no Gigante!


Segundo tempo

6min – PAPAAAAAAAAAAAAAAAAI! Paulo Victor recebe de Taison e, pelo corredor esquerdo, dá um elástico em cima de Nino Paraíba. O adversário fica para trás, e o lateral colorado deixa para Patrick, que é atropelado a centímetros da área. Falta!

7min – UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH! Da altura da quina esquerda da área visitante, Taison cobra a falta com muita força. Direta, a batida sai com veneno, em direção ao ângulo, mas Mateus Claus voa para espalmar.

9min – Bahia chega com Nino Paraíba pela direita. O lateral cruza na primeira trave, e Gilberto consegue o desvio. Quicando, a bola sai em tiro de meta.

15min – COOOOOORTA A ZAGA! Inter sai de trás em altíssima velocidade. Taison e Yuri tabelam e o camisa 10 abre jogo até Edenilson, que invade a área pela direita e tenta o cruzamento. Antes de Yuri, Nino Paraíba consegue o corte.

17min – Muda o Inter! Vem Guerrero, sai Taison.

17min – Duas trocas também no Bahia. Thony Anderson e Galdezani entram, Óscar Ruiz e Isnaldo saem.

23min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEL! Após cruzamento da esquerda, Gilberto sobe com autoridade na área colorada e desvia buscando ângulo. De mão trocada, goleiro do Inter espalma para salvar o Inter. Que defesa!

26min – Patrick dá lugar a Mauricio. Muda o Inter.

28min – UH! Inter escapa em contra-ataque rápido, que tem Edenilson como condutor. O camisa oito deixa para Dourado, que abre em Yuri. Camisa 11 tenta para Guerrero, mas a zaga manda em escanteio.

30min – É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É O SEGUNDOOOOOOOOOOOOOOOOO! GOL, GOL, GOL, GOL, GOL, GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! DOURADOOOOOOOOOOOOOO! Após cobrança de escanteio pela direita, a zaga do Bahia consegue o corte parcial, mas a sobra é de Cuesta. Especialista como sempre, ele levanta da intermediária esquerda com açúcar, na medida para Dourado acertar um testaço. No cantinho, ela amplia a vantagem colorada!

A narração da emissora oficial do Clube do Povo para o gol de Dourado

33min – Lucas Fonseca e Edson deixam o campo na equipe visitante. Gustavo Henrique e Patrick de Lucca entram.

35min – UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH! O dono do contra-ataque colorado agora é Yuri, que escapa pela direita e solta uma bomba rasteira. Mateus Claus esbanja incrível reflexo para espalmar o arremate em escanteio.

36min – Palacios e Gustavo Maia entram no Clube do Povo. Yuri e Heitor deixam o campo.

38min – Nino vai ao fundo pela direita e cruza. Na altura da marca do pênalti, Rodallega desvia, e a bola sai ao lado do poste colorado.

44min – Cuesta recebe o amarelo por falta em Galdezani.

45min – Quatro de acréscimos. Jogo vai a 49!

47min – ESTREANTE FAMINTO! Gustavo Maia recebe na esquerda, pedala para cima de Gustavo Henrique, puxa para a perna direita e finaliza colocado. Mateus Claus espalma, e Guerrero não consegue o rebote por detalhe.

49min – Nino Paraíba escapa pela direita e cruza rasteiro. Gilberto desvia, a bola toma altura, encobre Daniel, mas também supera a meta colorada.

50min – FIM DE JOGO! VITÓRIA COLORADA!


Ficha técnica:

Internacional (2): Daniel; Heitor (Gustavo Maia), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Paulo Victor; Edenilson, Rodrigo Lindoso, Rodrigo Dourado e Patrick (Mauricio); Taison (Guerrero) e Yuri Alberto (Carlos Palacios). Técnico: Diego Aguirre.

Bahia (0): Mateus Claus; Nino Paraíba, Lucas Fonseca (Gustavo Henrique), Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Óscar Ruiz (Galdezani), Edson (Patrick), Mugni e Isnaldo (Thony Anderson); Rodriguinho (Gilberto) e Rodallega. Técnico: Diego Dabove.

Gols: Yuri Alberto, aos 39’/1ºT, e Rodrigo Dourado, aos 30’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Heitor e Cuesta (I). Mugni e Gilberto (B).

Arbitragem: Bruno Arleu de Araujo, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Correa e Michael Correia. Quarto árbitro: Roger Goulart. VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga.

Estádio: Beira-Rio.

Coletiva: Yuri Alberto analisa momento do Inter

Atacante concedeu entrevista coletiva após o treino desta quarta-feira no CT do Parque Gigante. Yuri Alberto falou sobre sequência de bons resultados do time colorado no Brasileirão e projetou duelo contra o Bahia no próximo domingo, às 16h, no Beira-Rio.

Bastidores do empate na Vila

O Internacional foi até o litoral paulista, no final da tarde de domingo (22/08), para a disputa da 17ª rodada do Brasileirão. Após sair na frente logo aos sete minutos de jogo com gol de Mercado, que fez sua partida de estreia com a camisa colorada, o Clube do Povo sofreu a virada ainda no segundo tempo, mas buscou a igualdade, aos 44 da etapa final, com Yuri Alberto. Agora, o Canal do Inter te apresenta os Bastidores do confronto!

Com um gol no início e outro no fim, Inter empata com o Santos na Vila

O Clube do Povo foi até o litoral paulista na tarde deste domingo (22/08), para a disputa da 17ª rodada do Brasileirão, e retornou para casa com ponto importante na bagagem. Na Vila Belmiro, Mercado, aos sete do primeiro, e Yuri, aos 44 do segundo tempo, marcaram para o Inter no empate de 2 a 2 com o Santos, resultado que leva o Colorado aos 22 pontos no Nacional.

Os comandados de Diego Aguirre voltam a campo no próximo domingo (29/08), às 18h15, diante do Atlético-GO. Fora de casa, a partida integrará a 18ª rodada, penúltima do primeiro turno. No momento, o Inter é 10º na tabela, a apenas dois pontos do G6, grupo que engloba equipes classificadas para a próxima edição da Libertadores da América.


Inter começa melhor, Santos cresce

Gabriel Mercado precisou de apenas sete minutos para marcar seu primeiro gol com a camisa colorada. Recompensando o bom início de jogo do time de Aguirre, o argentino aproveitou bola alçada por Dourado para, após domínio tranquilo, mandar de canhota, com estilo, fora do alcance de João Paulo. Na sequência, o Santos respondeu com dois escapes, mas ineficazes por impedimento, primeiro, e falta de pontaria, depois.

Às investidas rivais, o Inter respondeu também com suas tramas. Pouco antes dos 20, Patrick, servido por Taison, e Dourado, após escanteio cobrado por Edenilson, quase ampliaram para o Clube do Povo, mas também ficaram por detalhe de balançar as redes. Corrido, o jogo parecia pedir por um gol, e ele saiu do lado mandante. Pirani, aos 23, empatou.

O gol virou a chave do jogo, que viveu um terceiro momento, seguinte ao de domínio colorado e a outro marcado por equilíbrio. A partir do empate, o Santos fez valer o fator local e, com especial destaque para o corredor esquerdo de ataque, passou a pressionar em busca da virada, que chegou, aos 34, com Madson.


Ousadia recompensada

O Inter de Diego Aguirre não concebia a possibilidade de sucumbir na Vila Belmiro, determinação comprovada na postura agressiva do reinício de partida. Soltos, os laterais colorados viraram alas, e uma verdadeira blitz foi armada em cima do time da casa, que passou a ser sufocado por um Clube do Povo incessante na busca pelo placar.

Boschilia por Lindoso, Guerrero na vaga de Mercado, Palacios e Paulo Victor alçados nos lugares de Patrick e Moisés. Corajoso, o Inter não cedeu nem mesmo ao cansaço, natural para quem há tanto pressionava. A recompensa da postura ofensiva chegou com o gol de empate, anotado por Yuri, aos 44, após assistência de Edenilson, maravilhosamente servido por Dourado.


Primeiro tempo

7min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTER! É DO CLUBE DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! É GOL DE ESTREANTE, DE DEBUTANTE! MERCADOOOOOOOOOOO! Moisés levanta na área falta sofrida pela intermediária esquerda de ataque. A zaga santista consegue o corte parcial, mas a sobra é de Dourado, que devolve para a confusão. Livre, mas em condição regular, Mercado domina para a perna esquerda e, sem deixar cair, finaliza de canhota, indefensável para João Paulo.

11min – Carlos Sánchez, de sem-pulo, emenda um voleio na área colorada e obriga Daniel a operar grande milagre. No rebote, Marcos Leonardo manda para as redes, mas em condição irregular, indicada pelo bandeira e confirmada pelo VAR.

16min – Marcos Leonardo fica com a sobra de erro na saída de jogo do Inter e, na área vermelha, finaliza. Forte, ela sai por cima.

20min – SAAAAAAALVA A ZAGA! Dourado recupera a bola para o Inter e percebe Taison com espaço. Camisa 10 deixa com Patrick, que invade a área e solta a bomba. Wagner Leonardo voa em carrinho salvador e consegue o desvio. Escanteio!

21min – UUUUUUH! Edenilson cobra escanteio pela direita, Dourado desvia na primeira trave e ela sai ao lado do poste.

23min – Santos empata com Gabriel Pirani.

26min – PRA FOOOOOOORA! Moisés escapa pela esquerda e é percebido por Taison. Lateral cruza rasteiro, e Yuri, com a canhota, desvia. Teimosa, ela sai ao lado.

32min – Jean Mota cobra escanteio da esquerda. Na primeira trave, Luiz Felipe desvia, e ela sai com perigo.

34min – Madson, de cabeça, vira o jogo para o Santos.

38min – Amarelo para Lindoso.

45min – Mais dois. Vamos a 47.

47min – Intervalo na Vila!


Segundo tempo

0min – Inter volta com mudança. Entra Boschilia, sai Lindoso.

2min – Wagner Leonardo recebe o amarelo por falta descarada em Yuri.

3min – MILAAAGRE! Taison serve linda bola para Edenilson, que invade a área santista pela direita e finaliza rasteiro. João Paulo manda em escanteio.

7min – NÃO EXPULSOU? Taison invadiria a área em velocidade, mas sofre empurrão de Wagner. Árbitro marca a falta, mas não apresenta o segundo amarelo.

7min – Na cobrança, Moisés manda por cima. Levou perigo!

10min – Mercado recebe o amarelo por falta em Marcos Leonardo. VAR chama o árbitro e sugere expulsão, mas Wagner mantém a decisão de campo.

12min – DA-NI-EEEEEEEEL! Marcos Leonardo invade a área colorada pela esquerda e solta o canhotaço. Goleiro sai muito bem da meta e abafa o arremate.

17min – UH! Taison, de longe, enche o pé. João Paulo encaixa com dificuldade!

20min – Vem Guerrero, sai Mercado. Muda o Inter!

24min – POR CIIIIIMA! Taison aciona Moisés, que cruza rasteiro para Guerrero. Camisa nove entorta dois marcadores, corta para a canhota e solta a bomba, que sai por cima.

29min – Bruno Marques e Balieiro. Duas novidades do Santos, que substituem, respectivamente, Sánchez e Marcos Leonardo.

34min – Duas trocas no Colorado. Palacios vem, Patrick vai, Paulo Victor entra, Moisés sai.

41min – UUUUUUUUUUH! Palacios escapa pelo centro e serve Guerrero, que finaliza da entrada da área. Levou enorme perigo!

44min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO EMPATEEEEEEEEEEEEEEEEE! É GOOOOOOOOL! É DE YURI! É A LEI DO EX! É DO CLUBE DO POVO! É DA ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! Dourado, pelo centro de ataque, descola lindo lançamento para Edenilson, que infiltra com a tradicional qualidade na área rival. Praticamente no retângulo pequeno, o camisa oito ajeita de primeira para Yuri, que manda para as redes abertas. Tudo igual na Vila!

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

47min – UUUUUUUUUUUH! Taison estica grande bola para Paulo Victor, que entorta o marcador e solta o tiro cruzado e rasteiro. Luiz Felipe manda pela linha de fundo.

48min – Johnny por Yuri. Troca Aguirre pela última vez.

50min – Fim de papo na Vila. Inter empata com o Santos!


Ficha técnica:

Santos (2): João Paulo; Madson, Luiz Felipe, Wagner Leonardo e Felipe Jonathan; Camacho, Jean Mota, Carlos Sánchez (Balieiro), Pirani e Lucas Braga; Marcos Leonardo (Bruno Marques). Técnico: Fernando Diniz.

Internacional (2): Daniel; Mercado (Guerrero), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés (Paulo Victor); Edenilson, Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso (Boschilia) e Patrick (Palacios); Taison e Yuri Alberto (Johnny). Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Mercado, aos 7’/1ºT , e Yuri, aos 42’/2ºT (I). Pirani, aos 23’/1ºT, e Madson, aos 34’/1ºT (S).

Cartões amarelos: Lindoso e Mercado (I). Wagner Leonardo (S).

Arbitragem: Wagner Nascimento Magalhães apita, auxiliado por Michael Correia e Thiago Henrique Farinha. Quarto árbitro: Lucas Canetto Belotte. VAR: Rodrigo Carvalhães Miranda.

Estádio: Vila Belmiro-SP.

“Muita coisa boa está acontecendo”, comemora Aguirre no pós-jogo colorado

O Clube do Povo contou com dois gols de Edenilson, um de Yuri Alberto e outro de Guerrero para superar o Fluminense por 4 a 2 e vencer a segunda seguida no Brasileirão. Após o jogo, Diego Aguirre e Emílio Papaléo Zin concederam entrevista coletiva na sala de imprensas do Beira-Rio, e você confere, a seguir, as principais aspas dos representantes alvirrubros:

“O time, aos poucos, vai tomando identidade. Fizemos um bom jogo, como já vínhamos fazendo. A atuação quase foi castigada, mas, no final, o time reagiu e conseguimos os gols. Muita coisa boa está acontecendo. Oito gols em dois jogos, duas vitórias consecutivas. As coisas estão melhorando, estamos voltando à paz, e a identidade do time está clara e se afirmando.”

Diego Aguirre

“Ainda temos muita coisa para melhorar. Estamos em dívida com a torcida, sabemos disso. Queríamos dar mais alegrias, antes não conseguimos, mas agora estamos no caminho. Precisamos olhar para a frente, fazer uma boa semana e preparar para o próximo jogo. Esse é o nosso objetivo.”

Diego Aguirre

Resumindo: O clima é o melhor possível.

Nós temos oito gols em dois jogos.

E contra a dupla Fla-Flu!

Não é pouca coisa isso,

e o torcedor merece.

Emílio Papaléo Zin
Inter conquistou grande vitória neste domingo/Foto: Ricardo Duarte

Também depois do apito final, mas ainda no gramado do gigante, os atacantes artilheiros da noite conversaram de maneira exclusiva com a Mídia do Inter. Primeiro a falar, Yuri Alberto destacou a confiança elevada do grupo, além de comemorar seu quarto gol em dois jogos. Veja:

O brabo voltou! Paolo Guerrero marcou seu segundo gol na temporada, primeiro no Beira-Rio, e comentou o alívio por se reencontrar com as redes após longo período afastado por lesão. Assista:

Inter marca dois nos acréscimos e supera o Fluminense por 4 a 2 no Beira-Rio

Vence o Clube do Povo no Beira-Rio! Com boa dose de emoção, o Colorado superou o Fluminense, na noite deste domingo (15/08), por 4 a 2. Edenilson, duas vezes, Yuri Alberto e Guerrero marcaram os gols do Inter, que garantiu o triunfo com dois gols nos acréscimos e chegou à segunda vitória consecutiva no Nacional.

+ Confira as entrevistas pós-jogo;

+ Assista aos melhores momentos da partida;

O Clube do Povo volta a campo no próximo domingo (22/08), às 18h15, pela 17ª rodada do Brasileirão. Na Vila Belmiro, o Colorado visita o Santos em confronto direto, uma vez que o Inter, agora nono, tem os mesmos 21 pontos do Peixe, mas está à frente na tabela pelos critérios de desempate.


Inter começa melhor, Fluminense pressiona no final

Disposto com a mesma formação que goleou o Flamengo na rodada passada, o Inter abriu o placar logo aos sete, quando Edenilson recebeu cruzamento de Cuesta e desviou no contrapé do goleiro. A mudança no escore motivou postura mais ofensiva do Fluminense, mas que não resultou em maior criação de jogadas de parte do Tricolor. Assim, os comandados de Aguirre seguiram no comando da partida após o tento.

Superada a casa dos 25 minutos, o jogo voltou a presenciar grandes emoções, também criadas pelo Clube do Povo. Bem postado, o Inter forçou seguidos erros do rival, respondidos com a velocidade de Taison na construção de contra-ataques. A oportunidade mais clara, que contou com drible do 10 vermelho no goleiro, foi cortada, em cima da linha, pelo zagueiro Nino.

As chances que faltaram aos visitantes durante os 40 minutos iniciais apareceram em grande volume nas vésperas do intervalo. Logo na primeira, Yago, servido por André, marcou o de empate do Fluminense. Depois, Abel Hernández ainda construiria bom movimento de pivô, mas defendido, com o pé, por Daniel.


Foi com emoção!

Na etapa final, quem começou melhor foi o Fluminense, que criou boas chances na primeira dezena de minutos. Uma vez mais, porém, a máxima de que quem não faz, leva, foi posta à prova. Após grande troca de passes pelo corredor esquerdo, Moisés escapou em direção à linha de fundo e cruzou rasteiro, na medida para Yuri desviar para as abertas redes visitantes.

Os contra-ataques, então, apareceram novamente, mas teimaram em não entrar. Até por isso, o tento de Nino, aos 38, tomava contornos de injusto castigo ao Colorado. Injusto e, felizmente, não confirmado, graças à genial percepção de Edenilson, que recebeu nova assistência de Cuesta para, já nos acréscimos, marcar o terceiro. Que não foi o último.

Guerrero merecia deixar o seu. Recuperado de lesões que prejudicaram seu primeiro semestre de temporada, o camisa nove colorado recebeu bom passe de Palacios após escanteio do Fluminense. Com campo aberto pela frente, o peruano avançou até a grande área carioca e, pela direita do retângulo, finalizou forte, rasteiro e indefensável. Agora sim, placar encerrado: Inter 4 a 2!


Primeiro tempo

7min – GOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTERNACIONAAAAAAAL! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! Inter roda a bola por mais de um minuto, fazendo dançar a defesa carioca. Pela intermediária esquerda de ataque, Cuesta recebe com espaço e levanta com precisão na segunda trave. Edenilson, mortal como de costume para atacar os espaços, desvia no contrapé de Marcos Felipe e abre o placar no Beira-Rio!

A narração da Rádio Colorada para o gol de Edenilson

20min – Egídio vai ao fundo pela esquerda e cruza na segunda trave. Luiz Henrique consegue o desvio, mas travado por Moisés, e a bola não toma a direção da meta colorada.

26min – Amarelo para Yuri, que comete falta de ataque em Nino.

28min – UUUUUUUUUH! Taison dispara em altíssima velocidade e serve Moisés, que abre jogo para Edenilson. Livre na quina direita da grande área, o camisa oito levanta, Marcos Felipe não corta, mas Yuri passa em frente à bola. Na sobra, Taison recupera e serve Patrick, que chuta bloqueado.

29min – EM CIIIIIIIIIIIIIIMA DA LINHA! Yuri recupera a posse na saída de jogo rival, progride até as cercanias da área e serve Taison, que dribla Marcos Felipe e finaliza. Nino, praticamente debaixo das traves, corta.

38min – UH! Taison escapa em novo contra-ataque e deixa para Dourado, que não consegue o domínio. A bola espirra na zaga carioca e quase morre nas redes tricolores.

39min – POR CIMA! Yuri recebe na intermediária ofensiva, corta para a perna direita e arrisca uma bomba. Forte demais, ela sai levando perigo.

44min – André acha Yago nas costas da zaga colorada, e o camisa 20 finaliza com tranquilidade para empatar.

45min – Vamos a 47. Placa indicou mais dois.

46min – DA-NI-EEEEEL! Yago Felipe faz boa jogada e serve Abel Hernández, que consegue o giro dentro da área e finaliza de canhota. Goleiro salva o Inter.

47min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

5min – Após confusão na área visitante, Saravia fica com a sobra e, de muito longe, finaliza. Marcos Felipe encaixa.

7min – Egídio cobra escanteio da esquerda. Na primeira trave, ela é desviada por Abel, mas Yuri consegue cortar pela linha de fundo.

11min – DANIIIIEEEEL! Luiz Henrique invade a área colorada pela esquerda e solta a bomba. Goleiro defende, a bola rebate no atacante adversário e sai em tiro de meta.

13min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO IIIINTEEEEEEEEER! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA COLORADA! YURI, YURI, YURI ALBEEEEEEEEEERTO FAZ FESTEJAR A MAIOR E MELHOR TORCIDA DO RIO GRANDE! Não é replay não, viu? Inter roda a bola com enorme qualidade e ela chega até a esquerda de ataque. Desta vez, na medida para Moisés, que estica no fundo e cruza por baixo. Yuri, nas costas da marcação, aparece livre na pequena área para desempatar no Beira-Rio.

Comemore o gol de Yuri com a Mais Vermelha

17min – Saravia deixa o campo. Entra Heitor no Inter.

22min – Lindoso recebe o amarelo por falta em Martinelli.

28min – MILAAAAAAAAAAAAAAGRE! Taison arma mais um contra-ataque em altíssima velocidade, desde o campo de defesa, e recebe a companhia de Edenilson e Yuri. Pela esquerda, o camisa 11 é escolhido pelo garçom colorado e, com liberdade, solta a bomba, que Marcos Felipe salva em espetacular saída da meta.

29min – Lindoso marca após cabeceio de Cuesta, mas lance é anulado por impedimento.

31min – SALVA A ZAGA! Taison e Edenilson tabelam com muita qualidade na altura da meia-lua. Com espaço, o camisa 10 percebe Yuri livre na esquerda e serve o 11, que finaliza rasteiro, mas travado por Luccas Claro.

33min – Taison por Guerrero. Muda o Clube do Povo.

34min – Luiz Henrique, Martinelli e Yago sacados. John Kennedy, Nenê e Matheus Martins entram.

38min – Nino, após cruzamento de Egídio, marca o segundo do Fluminense.

40min – PRA FOOOOOOORA! Cuesta pega a sobra de corte parcial da defesa e, com muita liberdade, enche o pé. Ela sai em tiro de meta para o Fluminense.

40min – Ganso sai, Wellington entra. Bobadilla também é novidade, escolhido para o lugar de Abel Hernández.

41min – Novidades no Clube do Povo. Boschilia e Palacios por Lindoso e Patrick.

45min – UH! Boschilia solta a bomba de fora da área e assusta.

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

47min – É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTEEER! É DE EDENIIIIIIIIIIIIIIILSON! É DO SUPERED! É DA ACADEMIA DO POVO! Heitor vira o jogo até Cuesta, que faz linda jogada pela direita, entorta a marcação e, com o pé direito, levanta na segunda trave. Entre Guerrero e Yuri, Edenilson aparece para repetir a dobradinha do primeiro gol e fazer o terceiro do Colorado!

O gol de Edenilson na voz da emissora oficial do Clube do Povo

49min – VITÓRIA DO INTER! E VITÓRIA COM QUATRO GOLS MARCADOS! E VITÓRIA COM GOL DE CENTROAVANTE! SABE POR QUÊ? PORQUE É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO CLUBE DO POVO! É DO BRABO, É DO HOMEM, É DO MEU CENTROAVANTE, É DO PISTOLERO! GOLAÇO! Fluminense pressiona em busca do empate, mas cede espaço para o contra-ataque, acionado por Palacios e puxado por Guerrero. O camisa nove invade a área pela direita e solta a bomba, rasteira, no canto. Clube do Povo tem 4, o rival fica com 2.

A Colorada narrou assim o tento de Guerrero

50min – JOGO ENCERRADO! VITÓRIA COLORADA!


Ficha técnica:

Internacional (4): Daniel; Renzo Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Edenilson, Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso (Carlos Palacios) e Patrick (Gabriel Boschilia); Taison (Paolo Guerrero) e Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Fluminense (2): Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Egídio; André e Martinelli (John Kennedy); Yago Felipe (Nenê), Ganso (Wellington Martins) e Luiz Henrique (Matheus Martins); Abel Hernández (Raúl Bobadilla). Técnico: Roger Machado.

Gols: Edenilson, aos 7’/1ºT e aos 47’/2ºT, Yuri Alberto, aos 13’/2ºT, e Paolo Guerrero, aos 49’/2ºT (I). Yago Felipe, aos 44’/2ºT, e Nino, aos 38’/2ºT (F).

Cartões amarelos: Yuri Alberto e Rodrigo Lindoso (I).

Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (SP), auxiliado por Daniel Paulo Ziolli (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP). Quarto árbitro: Roger Goulart (RS). Árbitro de Vídeo (VAR): Wagner Reway (PB). Auxiliar do VAR: Oberto da Silva Santos (PB).

Estádio: Beira-Rio.

“O torcedor colorado merece”, destaca Diego Aguirre na coletiva pós-jogo

Anotou a placa? O Inter deu show no Maracanã e goleou o Flamengo, na tarde deste domingo (08/08), por 4 a 0. Após o jogo, que contou com três gols de Yuri Alberto e um de Taison, o comandante Diego Aguirre concedeu entrevista coletiva, na qual repercutiu a maiúscula vitória alvirrubra. Confira as principais aspas:

“Tivemos um último jogo em que não jogamos bem. Nos anteriores, perdemos muitas situações e não conseguimos o resultado. E, quando não tem o resultado, parece que está tudo mal. Hoje, as bolas foram para dentro. As coisas não estavam tão ruins quando não ganhamos, e também não estão tão boas. Precisamos seguir acreditando, pois o time é muito bom.”

Diego Aguirre

“Tomara que seja o começo de muitas vitórias. O torcedor colorado merece. Fico feliz por ter dado essa vitória a todos os colorados que estavam sofrendo, e também pelos jogadores, diretoria, comissão técnica. Tem coisas que temos que valorizar. Esse 4 a 0 mostrou o nível dos nossos jogadores, o que podemos jogar.”

Diego Aguirre

“O grupo se sentia triste, sentia que precisávamos dar mais alegrias para todos. Poderíamos ter feito algumas coisas melhor, e isso virou atitude. Hoje, o time brigou. Jogou como grande, contra todo o favoritismo. Ninguém acreditava, mas o futebol é maravilhoso e tem essas surpresas – que não foi para nós. Nos preparamos para ganhar.”

Diego Aguirre

Quem também falou, mas com exclusividade para as redes sociais do Inter, foi Yuri Alberto. Autor de três gols no gramado do Maracanã, o camisa 11 colorado destacou a importância do resultado conquistado no Rio de Janeiro, além de comemorar o grande desempenho que teve.

“Uma noite muito mais do que especial.

Voltar a ganhar fora de casa,

voltar a ganhar no Brasileirão.

Dá uma confiança muito grande,

ainda mais dessa maneira.”

Yuri Alberto

Com três de Yuri e um de Taison, Clube do Povo atropela o Flamengo no Maracanã

Maracanaço colorado! Fora de casa, o Clube do Povo atropelou o Flamengo, na noite deste domingo (08/08), em partida da 15ª rodada do Brasileirão. Yuri Alberto, três vezes, e Taison marcaram os gols do Inter na goleada de 4 a 0, resultado que leva os comandados de Diego Aguirre aos 18 pontos no Nacional.

+ Confira as entrevistas pós-jogo

Embalado pela atuação de luxo oferecida em solo carioca, o Inter também enfrentará time do Rio de Janeiro na próxima rodada, de número 16 no Brasileirão. A partir das 20h30 de domingo (15/08), o Clube do Povo recebe, no Beira-Rio, o Fluminense.


Inter mortal

De um lado, o dito time do momento, de futebol ofensivo e envolvente. O problema para ele? Do outro, estava o Clube do Povo do Rio Grande do Sul. Após construir 10 minutos de intensa pressão, o Flamengo sofreu para achar espaços na bem postada defesa colorada, ao passo que o Inter, inteligente, escapava com facilidade do adversário.

Aos 16, Edenilson e Yuri Alberto tabelaram com agilidade pela direita, e o camisa oito encontrou espaço açucarado para servir o companheiro, que não perdoou. O caminho estava pela direita, explorada por Saravia poucos minutos depois, quando Yuri quase ampliou. O segundo dele, porém, estava guardado para os 40, quando recebeu de Patrick e mandou para as redes.


Rolo compressor

Se a etapa inicial presenciou um Inter eficaz, mas também preocupado defensivamente, o segundo tempo foi de show colorado em todos os setores. Pela primeira vez desde seu retorno ao Beira-Rio, Taison marcou um gol com a camisa colorada, anotado exatamente contra o último adversário que flagelara em sua primeira passagem. Aos 10 do segundo tempo, o ídolo alvirrubro atravessou o campo inteiro para ampliar o placar: 3 a 0!

O passeio nocauteou o rival, que perdeu Gabriel Barbosa, expulso, aos 13. A superioridade numérica ofereceu ainda mais espaços para o Inter, que chegou ao quarto com Yuri Alberto. Para marcar seu segundo hat-trick pelo Clube do Povo, o camisa 11 escapou nas costas da zaga rival, recebeu linda assistência de Edenilson e, de frente com Diego Alves, fuzilou. Colorado 4 a 0, e atropelo confirmado no Maracanã.


Primeiro tempo

8min – Gabriel sai cara a cara com Daniel e finaliza sem direção. Tiro de meta para o Inter.

15min – Everton Ribeiro, da intermediária ofensiva, arrisca. Daniel, no centro do gol, encaixa.

18min – GOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! DO CLUBE DO POVO! DO COLORADO! YURI, YURI, YURI ALBERTO É NOME DA ALEGRIA VERMELHA! Edenilson recebe bom passe de Lindoso e, já no campo de ataque, aciona Yuri. O camisa 11 devolve para Ed, que corta a zaga e serve o companheiro. Cara a cara, o atacante alvirrubro finaliza com muita qualidade

Comemore o gol de Yuri na narração da Rádio Colorada

20min – PRA FOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORA! Saravia escapa pela direita e cruza rasteiro. Na pequena área, livre, Yuri finaliza ao lado da meta rubro-negra. Quase, quase!

26min – FALTA! Taison inverte linda bola para Saravia, que escapa pela direita e é parado com tapa de Filipe Luís. Bandeira marcou.

40min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DELE, É DELE, É DE NOVO DELE! YURI, YURI, YURI ALBEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEERTO FAZ A FESTA NO MARACANÃ! Saravia escapa pela direita em altíssima velocidade e inverte linda bola para Patrick. Na altura da quina esquerda da grande área, o Pantera aciona Yuri, que invade a área e solta o canhotaço. Com leve desvio, ela mata Diego Alves, que nada consegue fazer.

O segundo do Inter na narração da Mais Vermelha

44min – MILAAAAAAAAGRE DE DANIEL! Diego cruza linda bola para Bruno Henrique, que desvia, dentro da pequena área, à queima-roupa. Goleiro colorado salva o Inter e, no rebote, antecipa-se a Everton Ribeiro e garante segurança para a pátria vermelha.

45min – Mais cinco. Vamos a 50!

46min – DANIEL! Diego finaliza de muito longe, e goleiro colorado encaixa em dois tempos.

50min – Árbitro abre o intervalo, Diego reclama de alguma coisa e recebe o amarelo.


Segundo tempo

8min – CUESTA! Isla invade a área colorada pela direita e tenta o cruzamento rasteiro. Patrón desvia e ela morre em escanteio.

10min – ELE VOOOOOOOOLTOOOOOOU! ELE ESTÁ ENTRE NÓS! ELE ESTÁ DE VOLTA! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOL! É DO INTERNACIONAL! É DA MINHA CRIA! É COM O DNA DO CELEIRO, DO POVO, DA MINHA GENTE! É DE TAAAAAAAAAAAAISON! Flamengo cobra escanteio por cima, defesa colorada afasta, Patrick ajeita e ela sobra limpa para Taison. O camisa 10 deixa o primeiro para trás, dá uma meia-lua em Filipe Luís, invade a área rubro-negra e solta um petardo, rasteiro, endereçado às redes cariocas.

Assim a Rádio Colorada narrou o golaço de Taison

13min – Muda o Flamengo. Diego vai Michael vem.

14min – SAAAAAAAAAAAALVA, DANIEL! Após escanteio cobrado pela direita, Léo Pereira vai no terceiro andar e cabeceia para o chão. Goleiro colorado opera um milagre cinematográfico.

16min – Gabriel Barbosa é expulso por reclamação.

23min – UUUUUUUUUH! Saravia serve Lindoso, que sai de cara com Diego Alves e finaliza rasteiro. Goleiro salva os visitantes.

24min – VIROU PASSEIO! VIROU MASSACRE! VIROU ATROPELO! É MAIS UM! É HAT-TRICK DO MEU 11! É GOL! É GOL! É GOL! É GOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! Edenilson, pela direita, rente à linha lateral, serve assistência maravilhosa para Yuri Alberto. Camisa 11 invade a área com enorme liberdade, se aproxima de Diego Alves e solta um foguete indefensável. O Clube do Povo abre 4 a 0!

Festeje a goleada confirmada pelos microfones da Colorada

26min – Muda o Flamengo. Entram Thiago Maia e Pedro, saem Everton Ribeiro e Arrascaeta.

26min – Taison deixa o campo. Entra Palacios.

30min – Palacios recebe o amarelo por falta no campo de ataque.

34min – Heitor e Guerrero entram no Inter. Sacados Saravia e Edenilson.

40min – QUAAAAAAAAAASE! Yuri escapa em velocidade pelo corredor direito e cruza para Guerrero. Na entrada da área, pela esquerda, o peruano domina e, após bonito giro, finaliza rasteiro. Foi por muito pouco.

42min – SAAAAAAAAAAALVA, DANIEL! Michael invade a área colorada a dribles e, dentro da pequena área, finaliza. Goleiro do Inter arma o muro e salva.

43min – Novas duas trocas no Clube do Povo. Johnny e Caio por Dourado e Yuri.

45min – Sete de acréscimos. Vamos a 52.

51min – Jogo encerrado no Maracanã!


Ficha técnica:

Flamengo (0): Diego Alves; Mauricio Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Diego (Michael), Everton Ribeiro (Thiago Maia), Giorgian De Arrascaeta (Pedro) e Bruno Henrique; Gabriel Barbosa. Técnico: Renato Portaluppi.

Internacional (4): Daniel; Renzo Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Paulo Victor; Rodrigo Dourado (Caio Vidal), Rodrigo Lindoso e Edenilson (Paolo Guerrero); Taison (Carlos Palacios), Yuri Alberto (Johnny) e Patrick. Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Yuri Alberto, aos 18’/1ºT, aos 40’/1ºT e aos 24’/2ºT, e Taison, aos 9’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Gabriel Barbosa e Diego (F); Pedro Henrique e Carlos Palacios (I).

Cartão vermelho: Gabriel Barbosa (F).

Arbitragem: Paulo Roberto Alves Junior (PR), auxiliado por Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR). Quarto árbitro: Rafael Martins de Sá (RJ). Ábitro de Vídeo (VAR): Adriano Milczvski (PR). Auxiliar do VAR: Luciano Roggenbaum (PR).

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ).