Inter acerta a venda antecipada de Yuri Alberto ao FC Zenit

O Sport Club Internacional e o FC Zenit chegaram a um acordo para a transferência imediata do atacante Yuri Alberto, modificando a primeira negociação feita em que o atleta só seria liberado no meio do ano. A nova operação foi concluída após atender o interesse de ambas as partes, alterando as primeiras bases que haviam sido acertadas.

O atacante chegou ao Colorado em agosto de 2020, aos 19 anos. Rapidamente foi caindo nas graças da torcida e recebendo cada vez mais oportunidades. Em um ano e meio pelo Inter, atuou em 85 jogos e marcou 31 gols. O clube deseja sorte e sucesso na sequência de sua carreira e fica a certeza de uma brilhante trajetória pela frente, além de as portas do Beira-Rio sempre abertas para um atleta de raro talento.

Bastidores da estreia colorada

Com golaços de Mauricio e Yuri, o Clube do Povo venceu na estreia de 2022! No Alfredo Jaconi, o Colorado superou o Juventude por 2 a 1 e garantiu três pontos importantes na largada do Gauchão. Confira os bastidores da partida, que também foi a primeira de Alexander Medina na casamata alvirrubra:

Galeria de fotos: Juventude x Internacional – 1ª rodada/Gauchão 2022

O Internacional abriu a temporada de 2022 com vitória nesta quarta-feira (26/01)! Fora de casa, Mauricio e Yuri Alberto marcaram no triunfo de 2 a 1 do Clube do Povo sobre o Juventude, válido pela primeira rodada do Gauchão. Confira as imagens:

Inter abre 2022 com vitória

Colorado superou o Juventude por 2 a 1/Foto: Ricardo Duarte

Estreia com o pé esquerdo! Contrariando o dito popular, o Inter contou com dois lindos canhotaços, de Mauricio e Yuri Alberto, para largar com vitória no Gauchão de 2022. Disputada no Alfredo Jaconi a partir das 16h, a partida, integrante da rodada de abertura do Estadual, foi encerrada com triunfo de 2 a 1 do Clube do Povo, que volta a campo no próximo sábado (29/01), às 19h, para enfrentar o União Frederiquense. Clique aqui e confirme sua presença no confronto do Beira-Rio!


Tarde de estreias

Medina estreou no comando do Inter/Foto: Ricardo Duarte

A partida desta quarta-feira foi a primeira disputada por Alexander Medina na casamata colorada. Sempre enérgico na beira do gramado, o técnico uruguaio escalou o Inter com três meio-campistas, e teve sua estratégia recompensada com o gol de Mauricio e a assistência de Boschilia, fundamentais na construção da vitória alvirrubra. Já durante o jogo, quem debutou com as cores do Clube do Povo foi o volante Liziero, contratado nesse início de temporada.

Liziero disputou sua primeira partida pelo Inter/Foto: Ricardo Duarte

Daniel voltou!

Desde o primeiro minuto de confronto, o Inter apresentou algumas das características que marcam o trabalho de Medina como técnico de futebol. As linhas altas, a pressão à troca de passes rival e a busca por um jogo mais vertical e agressivo são alguns dos traços que estiveram presentes no Alfredo Jaconi, misturados ao já costumeiro brilho de Daniel.

Daniel teve grande atuação em Caxias/Foto: Ricardo Duarte

Nos momentos de maior pressão do Juventude, que conseguia assustar especialmente pelo corredor esquerdo de seu ataque, a estrela do goleiro colorado apareceu para impedir qualquer mudança no placar. De parte do Clube do Povo, a melhor oportunidade, armada em veloz contra-ataque de Taison e Yuri Alberto, foi parada com falta de Capixaba. Na cobrança, Boschilia assustou, mas não conseguiu balançar as redes.


Canhotas decidem

O reinício de confronto do Inter foi perfeito no Jaconi. Logo aos três minutos, Moisés escapou pelo corredor esquerdo, invadiu a área e cruzou rasteiro para Mauricio. Com espaço e liberdade na altura da marca do pênalti, o meia dominou bonito antes de encher o pé e ver William, goleiro rival, voar em direção à bola, mas sem qualquer chance de defesa. Placar inaugurado.

O filme do primeiro gol foi repetido cinco minutos mais tarde, mas com outros protagonistas. Pela esquerda, quem disparou, soberano, foi Boschilia. Dentro da área, o cruzamento rasteiro foi recebido por Yuri, que também usou da perna canhota, após rápido domínio, para marcar. Inter 2 a 0, escore que persistiu até o minuto 35, quando Ricardo Bueno, de pênalti, descontou para os locais e deu números finais ao duelo.

Yuri Alberto festeja o segundo gol/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

11min – CUESTA! Ricardo Bueno escapa pela esquerda do ataque alviverde, invade a área colorada e, com pouco ângulo, finaliza colocado. Zagueiro argentino consegue desviar o arremate, que sai em escanteio.

15min – Valeu, Bruno! Uruguaio percebe espaço na retaguarda adversária e dispara em velocidade até a intermediária ofensiva. Dali, percebe Yuri, e tenta o cruzamento para o atacante. Goleiro defende.

17min – Capixaba recebe com espaço na entrada da área colorada e finaliza rasteiro. Bruno Méndez bloqueia o arremate.

19min – Uh! Taison cobra falta pela esquerda da intermediária ofensiva. Na segunda trave, Dourado escora na direção de Cuesta, mas William deixa o gol e antecipa.

29min – Capixaba recebe cruzamento de Jadson e cabeceia no poste direito de Daniel.

33min – Yuri recebe de Taison, faz o giro em cima da marcação e, da entrada da área, finaliza rasteiro. William encaixa.

36min – Bruno Méndez retarda o reinício de partida e, por isso, recebe o amarleo.

38min – Capixaba derruba Yuri, que invadia a área, e é advertido com amarelo.

39min – UUUUUUUUUUUUUUUUUUUH! À direita da meia-lua, Boschilia cobra falta com enorme perigo. A bola morre na rede superior, levando grande perigo.

43min – Taison abre jogo com Heitor, que cruza fechado. Antes de Yuri, William defende.

44min – DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEL! DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEL! DANIEEEEEEEEEL! Ricardo Bueno é lançado na área colorada e resvala de peito na bola. Goleiro do Inter espalma, mas a bola sobra com Darlan, que solta canhotaço à queima-roupa. Já de pé, Daniel opera novo milagre para salvar o Clube do Povo.

45min – Mais quatro. Vamos a 49!

49min – Intervalo no Jaconi.


Segundo tempo

3min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! OU MELHOR, É GOLAAAAAAAAAAAAAÇO! UM FOGUETE! CANHOTAÇO! PINTURA! Moisés dispara em altíssima velocidade pelo corredor esquerdo, invade a área e cruza rasteiro. Mauricio aparece com liberdade na altura da marca do pênalti, domina, engatilha o chute e manda bomba indefensável. Placar inaugurado em 2022!

A Rádio Colorada narrou assim o gol de Mauricio

8min – MEU DEUS! MAIS UM! MAIS UM! E UMA PINTURA! GOLAÇO! GOL DO BRABO, GOL DO ARTILHEIRO, GOL DO CRAQUE! GOOOOOOOOOOOOOOOOOL DE YURI ALBERTO! Pela esquerda, novo, o Inter chega ao ataque, agora com Boschilia. Meio-campista também invade a área e, como fizera Moisés, cruza rasteiro. Desta vez, o domínio é de Yuri, que logo emenda chute forte de perna canhota, também sem chances de defesa.

Comemore o gol de Yuri na narração da Rádio Colorada

15min – POR CIIIIIIIIIMA! Mauricio recebe grande passe de Taison, vence a marcação e serve de Boschilia. De perna direita, o chute sai forte e supera o travessão.

16min – DANIIEEEEEEEEL! Parede recebe de Capixaba e finaliza forte de perna canhota. No ângulo, goleiro colorado voa para espalmar!

17min – Muda o Papo. Vem Rodrigo Bassani, sai Parede.

25min – Caio e Liziero entram no Inter. Mauricio e Boschilia deixam o campo.

26min – UUUUUH! Taison cobra falta fechada, a zaga não afasta e Caio, da marca do pênalti, aproveita o rebote. William defende firme.

33min – DA-NI-EEEEEEEEL! COMO JOGA! Bassani recebe lançamento de Jadson, aparece com espaço na entrada da área colorada e chuta forte. Mais uma vez, arqueiro do Clube do Povo opera milagre.

33min – Pênalti para o Juventude. Rodrigo Dourado recebeu o amarelo no lance.

35min – Ricardo Bueno desconta para os locais.

37min – Saem Chico, Capixaba e Ricardo Bueno para as entradadas de Hélio Borges, Dudu e Vitor Gabriel.

44min – Duas trocas no Clube do Povo: Johnny por Taison e Cadorini na vaga de Yuri.

45min – Moraes substitui Rafael Forster.

45min – Mais sete. Vamos a 52!

47min – Daniel recebe o amarelo por retardar o reinício de confronto.

49min – Kaique entra no Inter. Caio é o substituído.

52min – FIM DE JOGO! INTER ABRE 2022 COM VITÓRIA!


Ficha técnica:

Juventude (1): William; Rodrigo Soares, Danilo Boza, Rafael Forster e William Matheus; Jadson, Darlan e Chico (Hélio Borges); Guilherme Parede (Rodrigo Bassani), Ricardo Bueno (Vitor Gabriel) e Capixaba (Dudu). Técnico: Jair Ventura.

Internacional (2): Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson, Boschilia (Caio Vidal)(Kaique), Taison (Johnny) e Mauricio (Liziero); Yuri Alberto (Matheus Cadorini). Técnico: Alexander Medina.

Gols: Mauricio, aos 3’/2ºT, e Yuri Alberto, aos 7’/2ºT (I). Ricardo Bueno, aos 35’/2ºT (J).

Cartões amarelos: Capixaba (J). Bruno Méndez, Daniel e Rodrigo Dourado (I).

Arbitragem: Roger Goulart, auxiliado por Lucio Flor e Mateus Rocha. Quarto árbitro: Marcelo Pereira.

Estádio: Alfredo Jaconi-RS.

Bastidores da vitória contra o Coelho

Na segunda partida consecutiva com torcida no Beira-Rio, o Inter recebeu e superou o América-MG, pela 26ª rodada do Brasileirão, por 3 a 1. Da chegada ao Estádio e o discurso de Taison aos gols por um ângulo exclusivo e os parabéns de Paixão ao grupo, confira tudo o que rolou no Beira-Rio na noite de quarta-feira (13/10)!

Pós-jogo | “Futebol sem torcida não é futebol”, define Aguirre sobre o retorno do público

O Inter venceu mais uma diante de sua torcida! Na noite desta quarta-feira (13/10), o Clube do Povo recebeu o América-MG, em um Beira-Rio embalado por mais de nove mil colorados e coloradas, em partida da 26ª rodada do Brasileirão. Com show de Patrick, que marcou dois, o time de Aguirre superou os mineiros pelo placar de 3 a 1, escore também construído por gol de Yuri Alberto. Após o jogo, o comandante alvirrubro concedeu coletiva para a imprensa. Confira as principais aspas:

Foto: Ricardo Duarte

“Seria justo falar que nos impusemos fisicamente sobre o rival no segundo tempo. O time cresceu, pressionou, e fez um segundo tempo muito bom. Tivemos essa força física e, também, a qualidade individual em algumas circunstâncias. Vencemos um dos times que está melhor nessa última sequência de jogos, que vinha em uma fase de oito jogos sem perder, e que está muito bem trabalhado e vai seguir tirando pontos de cada um. Valorizo a vitória, e acho que o resultado foi justo.”

Aguirre

Futebol sem torcida não é futebol.

Falta o mais importante,

que é a conexão entre arquibancada e jogadores.

Isso está acontecendo.

Aguirre

“É bom lembrar algumas coisas. Alguns meses atrás, quando o time vinha de uma fase de muitos jogos sem ganhar, nós trabalhamos e conseguimos essa fase positiva, que temos que continuar. Os jogadores estão se esforçando muito, mostrando hierarquia, atitude, compromisso e determinação. Quando se tem tudo isso, além da qualidade individual, você está perto de que as coisas aconteçam. Temos que continuar trabalhando, com muita humildade, e tomara que consigamos atingir os objetivos que temos para o final do ano.”

Diego Aguirre
Foto: Ricardo Duarte

“Estamos em uma fase que é positiva, só isso.

Não conseguimos nada.

Temos que cuidar esse momento,

não pensar que somos mais do que ninguém,

e continuar trabalhando.”

Aguirre

Diante do América-MG, Patrick transformou o Beira-Rio em Wakanda. Com dois gols e uma atuação de enorme personalidade, o Pantera brilhou com mais uma atuação decisiva. Depois do jogo, a estrela da noite conversou de maneira exclusiva com a Mídia do Inter, em papo que aproveitou para compartilhar sua felicidade com a boa exibição, além de reforçar a confiança no trabalho realizado pelo grupo. Confira!

O segundo gol de Patrick contou com preciosa assistência de Mauricio. Pela direita da intermediária ofensiva, o camisa 27 serviu exímio cruzamento para o testaço do Pantera, que não desperdiçou a oportunidade de recolocar o Inter à frente no placar. No lance, o garçom precisou ignorar as dores que sentia por pancada sofrida minutos antes, como revelou em entrevista para as redes coloradas. Veja!

Coube a Yuri Alberto a responsabilidade de fechar o placar na vitória colorada. De cabeça, o camisa 11 aproveitou rebote de finalização de Caio, que explodira no travessão, para marcar o terceiro do Clube do Povo. Sincero, o artilheiro do Brasileirão reconheceu que não vivia uma noite inspirada, mas compartilhou com a torcida, incessante no apoio, os méritos para balançar as redes americanas. Assista à entrevista do goleador!

Sétimo colocado com 39 pontos, o Inter soma um a menos do que Corinthians e Palmeiras, respectivos sexto e quinto na tabela. Diretamente envolvido na luta pelo G6, o Clube do Povo volta a campo no próximo domingo (17/10), exatamente contra o Porco, em partida da 27ª rodada do Brasileirão. O confronto ocorrerá, a partir das 16h, no Allianz Parque.

Bastidores da goleada no reencontro com a torcida

O reencontro com a torcida colorada, o hat-trick do Yuri Alberto, o gol do Taison no Beira-Rio, a estreia artilheira de Matheus Cadorini com o grupo principal e tudo de um domingo maravilhoso no Gigante. Os Bastidores da goleada de 5 a 2 do Colorado em cima do Chapecoense te mostram tudo isso e muito mais! Confira:

Pós-jogo | “Agradeço por tudo que tenho vivido no Internacional”, comemora Yuri Alberto após a goleada em cima da Chapecoense

O domingo (10/10) foi de festa para a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, que celebrou o retorno ao Beira-Rio em grande estilo. Mais do que aproximar o Inter do G6, a goleada de 5 a 2 sobre a Chapecoense coroou os a devoção dos milhares que deram fim à espera de 581 dias pelo reencontro de Clube com povo. Após o jogo, personagens da vitória colorada exaltaram o papel desempenhado pelo Gigante na vitória maiúscula. Entre eles, Diego Aguirre, responsável por conceder coletiva à imprensa. Confira as principais aspas do comandante alvirrubro!

Voltar para o Beira-Rio com torcida? É outra coisa. Os jogadores estavam felizes, e fizeram um grande jogo. Estavam motivados, e eu também me senti motivado com a festa que fizeram. Depois de muito tempo, um ano e meio sem público, foi um momento especial, e acho que os jogadores tiveram um rendimento ótimo pela conexão entre arquibancada e campo.

Diego Aguirre

“Hoje eu acabei um turno à frente do Inter, e acho que temos que ver como foi o rendimento na tabela desde que estou aqui. Penso que foi positivo. Mas, claro, temos que continuar melhorando, e isso não vai parar. Vamos continuar, pois existem muitas coisas por fazer ainda.”

Diego Aguirre

“Aproveitei para dar oportunidades, e foi um bom momento, também, para dar descanso aos que vêm jogando. Demos espaço aos meninos, foi muito boa a estreia do Cadorini, marcando um gol. Fico feliz por ele, ganhamos uma alternativa a mais. E também testei algumas ideias que tenho, como o Paulo Victor na segunda linha em algumas circunstâncias.”

Diego Aguirre

“Eu não falaria em trio, mas nos quatro. Mauricio, Taison, Yuri e Patrick fizeram um grande jogo, e a ideia é repetir o time para quarta-feira. Quando o nível dos jogadores exige, é preciso continuar. E, falando do Patrick, fiquei feliz com todo o estádio aplaudindo ele. Temos que continuar, tomara que com esse nível. O primeiro tempo foi excelente, espetacular. Talvez, um dos nossos melhores jogos.

Diego Aguirre

“Sobre Yuri, a verdade é que não me surpreende.

Tenho falado muito dele, do profissionalismo.

É um menino excelente, artilheiro, número nove de muito futuro.

Tem somente 20 anos, já com uma personalidade,

uma intensidade e uma determinação

de um jogador muito, muito bom.”

Diego Aguirre
Diego Aguirre vibrou intensamente com o retorno da torcida colorada/Foto: Ricardo Duarte

Dono de hat-trick na partida, sua primeira disputada diante do povo colorado, Yuri Alberto foi, sem sombra de dúvidas, um dos grandes personagens da vitória deste final de semana. O camisa 11, que confidenciara ao longo da semana de preparação para o confronto sua expectativa por balançar as redes junto da torcida, estava só sorrisos na exclusiva que concedeu para as redes do Inter após o apito final. Assista!

“Agradeço por tudo que tenho vivido aqui no Internacional.

Estou muito contente, a volta do público nos motivou bastante,

e o resultado não podia ser melhor.”

Yuri Alberto

Preservado por Aguirre, Yuri foi substituído ainda no intervalo, oferecendo lugar para Matheus Cadorini. Cria do Celeiro de Ases, o camisa 18, que integrara o jovem elenco que disputou as primeiras rodadas do Gauchão desta temporada, foi a campo pela primeira vez com o grupo principal. Se debutar diante da torcida já seria naturalmente emocionante, o momento ficou ainda mais especial aos 12 minutos, quando o atacante marcou bonito gol de cabeça e cumpriu profecia feita por sua mãe. Saiba mais:

“Aqui é Inter, um Clube gigante.

Sou muito grato por essa oportunidade.”

matheus cadorini

O cara que é a cara do Clube que é do povo. Taison não jogava para a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande desde a inesquecível noite de 18 de agosto de 2010, data em que o Inter se sagrou Bi da América. Ao ritmo dos milhares que ovacionaram cada toque que deu na bola, o ídolo retribuiu o carinho emanado pelo Beira-Rio neste domingo com mais uma excelente atuação, referendada por gol e assistência. Depois do jogo, o 10 fez questão de celebrar a sinergia entre campo e arquibancada! Veja:

Um ídolo não se constrói apenas pelo desempenho dentro de campo. Taison, como poucos, comprova. Craque multicampeão, ele dispensa qualquer honraria no trato com a torcida. Neste domingo, o sempre irônico destino fez questão de que Dona Vera, uma velha conhecida de telefonemas do craque, fosse a primeira colorada a pisar no Beira-Rio. Entrevistada pela Rádio Colorada, ela rememorou sua paixão pelo 10 alvirrubro, que retribuiu o carinho com um recado de puro sentimento após o jogo.

Do Clube…

“Dona Vera! Venho aqui te agradecer pelo carinho. Te ver novamente no Estádio é um orgulho imenso. Um beijo grande do amigo Taison, que Deus te abençoe, e se cuide, viu? Te espero na quarta!”

Taison
… para o povo!

Outro nome alçado a campo no intervalo foi o lateral-direito Heitor. Revelado pela base do Internacional, o atleta, antiga figura frequente nas arquibancadas do Beira-Rio, ofereceu assistência primorosa para o gol de Cadorini. Encerrado o confronto, o jogador/torcedor foi mais um a comemorar o reencontro do elenco com o povo mais apaixonado do país.

“É uma sensação diferente. No banco, estávamos comentando que era de arrepiar. Ver eles gritando o nosso nome dá uma motivação a mais, e a gente pôde contribuir com uma grande vitória. Soubemos aproveitar as oportunidades. Brinquei com o Osmar (Loss) que o próximo escanteio eu iria bater e dar uma assistência. O Cadorini foi feliz também, e a gente comemorou junto!”

Heitor

Para encerrar um começo de tarde inesquecível para a instituição, nada melhor do que uma efusiva declaração de nosso presidente. Alessandro Barcellos compartilhou com a torcida os méritos da goleada, e fez questão de convocar o público para as próximas jornadas do calendário colorado. A luta, há de se registrar, continua já na próxima quarta-feira (13/10), quando o Inter receberá, diante de sua gente, o América-MG.

VAMO, INTER!

Time e torcida dão show, e Inter goleia a Chapecoense por 5 a 2 no Beira-Rio

OH INTERNACIONAL, QUE EU VIVO A EXALTAR! A torcida colorada, que esperou 581 dias para retornar às arquibancadas do Beira-Rio, sequer precisou aguardar um minuto, a partir do apito inicial deste domingo (10/10), para ver as redes do Gigante novamente balançadas. Em uma atuação maravilhosa, o Clube do Povo atropelou a Chapecoense, em partida da 25ª rodada do Brasileirão, pelo placar de 5 a 2. Taison, Cadorini e Yuri Alberto, este três vezes, anotaram os gols do confronto que marcou o retorno do público à casa alvirrubra.

Os três pontos conquistados neste domingo levam o Inter aos 36 no Brasileirão. Sétimo colocado, o Clube do Povo está a um ponto do Corinthians, primeira equipe do G6. Embalado pela força da única torcida capaz de recuar as águas de um rio, o Colorado agora volta suas atenções para a próxima quarta-feira (13/10), quando receberá o América-MG, no Beira-Rio, em partida da 26ª rodada do Brasileirão, marcada para as 21h30.


É O ROLO COMPRESSOR!

UMA ATUAÇÃO INESQUECÍVEL EM UMA MANHÃ MÁGICA! O Internacional deu show nos primeiros 45 minutos de seu reencontro com a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande! Apoiado pelo povo que tomou as arquibancadas do Beira-Rio, o Colorado evocou, desde o apito inicial, as memórias do Rolo Compressor, insaciável por balançar as redes adversárias – o que não demorou para acontecer. Logo no instante de abertura do confronto, Yuri ficou com a sobra de milagre de João Paulo, em lance que ainda contara com bola de Mauricio na trave, para abrir a conta no número 891 da Padre Cacique.

O Inter tem um cara que é a cara do Clube que é do povo. Sem atuar para a torcida colorada desde o confronto que nos consagrou Bi da América, Taison merecia um gol. O que fez, porém, mais pareceu uma pintura. Na direita da grande área, o 10 recebeu grande cruzamento de Patrick, dominou ganhando ângulo e soltou a bomba. No limite da meta, ao lado do poste, a bola explodiu na rede. Com ela, o Beira-Rio foi junto. Maestro, nosso capitão regia a massa!

O segundo gol não satisfazia as ambições do Inter. Com espaço pela direita, o time de Aguirre seguiu levando perigo a partir das triangulações de Saravia e Mauricio, sempre acionados com precisão por Taison e Dourado. Yuri, intenso entre os zagueiros, não oferecia descanso à retaguarda adversária, que estonteada sobreviveu sem sofrer novos tentos até os 36, quando os artilheiros voltaram a brilhar.

Em velocidade, Taison costurou pelo centro e chegou às cercanias da área alviverde. Preciso, o 10 viu Yuri Alberto entre os zagueiros e serviu no instante exato. Artilheiro, o 11 girou com estilo antes de finalizar na saída do goleiro. Golaço, logo sucedido pelo quarto colorado, terceiro de Yuri, que concluiu jogada iniciada em drible estonteante de Moisés. Nos acréscimos, o atacante voltaria a balançar as redes, mas em lance anulado após consulta do árbitro ao VAR.


Goleada confirmada

O Inter retornou dos vestiários com novidades. Heitor, Boschilia e Cadorini, estreando com o grupo principal, foram alçados a campo por Aguirre, deixado o Clube do Povo mais simpático às bolas cruzadas. Na primeira que venceu por cima, aos sete, o atacante parou em João Paulo, que defendeu em dois tempos. Depois, contudo, não existiu o que ser feito. Da esquerda, Heitor cobrou escanteio fechado, que o camisa 18 testou com força para as redes. Clube do Povo? Cinco!

Confortável em campo, o Inter passou a administrar o folgado resultado, ao passo que a Chapecoense, visivelmente indignada com o amplo escore ostentado pelo Clube do Povo, se jogou para o ataque. A postura rendeu aos visitantes dois gols, anotados por Mike, mas insuficientes para impedir a consagração do reencontro de time e torcida. Nos braços de sua gente, o Colorado atropelava por 5 a 2.


Primeiro tempo

1min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL, É GOL, É GOL, É GOOOOOOOOOOOOL DO INTEEEEER! No ritmo da torcida, que canta a plenos pulmões no Estádio, Colorado sai do campo de defesa pela direita. A zaga catarinense tenta a recuperação, mas Dourado domina na intermediária ofensiva e serve Saravia. Do lateral para Mauricio, que manda no poste. No rebote, Patrick exige milagre de João Paulo. Azarado, o goleiro vê Yuri pegar a sobra, e o camisa 11 não perdoa. A bola? Para as redes. O artilheiro? Para a galera!

Assim a Rádio Colorada narrou o primeiro gol do reencontro deste domingo

3min – DANIEEEEEEEEEL! Chapecoense chega com perigo pela esquerda. Bruno Silva domina na altura da quina da grande área, corta para o pé direito e busca o ângulo, mas goleiro colorado voa para defender.

5min – É DEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEELE! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO CARA QUE É A CARA DO CLUBE QUE É DO POVO! TAISON, TAISON, TAISON, TAISON, TAISON, TAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAISOOOOOOOOON! Camisa 10 arma contra-ataque em altíssima velocidade e abre jogo até Patrick. O Pantera invade a área e cruza aberto, na medida para o ídolo alvirrubro, que domina e, com enorme qualidade, manda na bochecha da rede. EXPLODE O BEIRA-RIO! É O INTER JUNTO DE SEU POVO!

O gol do cara que é a cara do Clube que é do Povo na voz mais colorada de todas!

11min – Muda o time visitante. Renê Júnior sai, Anderson Leite vem.

13min – BRUUUUUUUUUUNO MÉNDEZ! Chape chega pela direita com cruzamento rasteiro de Geuvânio. Antes de Bruno Silva, o zagueiro colorado trava o arremate e manda em escanteio.

15min – INTER CHEGA EM VELOCIDADE! Mauricio é lançado pela direita e cruza aberto. Patrick chegava livre na segunda trave, mas a bola, forte demais, passa fora de seu alcance.

16min – Daniel recebe o amarelo. Sabe-se lá qual o motivo.

17min – E VEM O INTER! Mauricio e Saravia tabelam pela direita. Servido pelo lateral, o meio-campista vai ao fundo e cruza rasteiro. Yuri finaliza, mas é travado por Jordan.

21min – PRA FOOOOOOOOOOORA! Dourado intercepta a construção ofensiva alviverde e a sobra é de Taison. Ídolo carrega em altíssima velocidade e, na intermediária de ataque, serve Mauricio, que invade a área e solta a bomba de direita. Quase, quase!

25min – UUUUUUUUUUUUUUUUUUH! Cuesta, à esquerda da meia-lua da grande área, cobra falta no canto do goleiro. João Paulo, com a ponta dos dedos, consegue desviar em escanteio. Quase o terceiro! Quase o do Patrón!

30min – Parada técnica para hidratação.

31min – Jogo retomado, e Inter segue mordendo. Dourado, com precisão, serve Mauricio, que invade a área em velocidade e finaliza cruzado. Rasteira, ela sai ao lado.

33min – QUE PRESSÃO! Patrick recebe de Mauricio, avança pela esquerda e cruza com açúcar. Yuri, livre na direita da área, tenta servir Taison, mas a zaga corta. Na sobra, Dourado e Lindoso tabelam e a bola chega até Cuesta, que levanta na medida para Mauricio. Cabeceio sai por cima.

36min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOL! É DO IIIIIIIIIIIINTER! É DO CLUBE DO POVO! É DE YURI ALBEEEEEERTOOO! Dourado, de novo ele, que desarme! O camisa 13 recupera a posse e ela fica com Patrick, que aciona Taison. Em altíssima velocidade, nosso ídolo deixa os adversários comendo poeira e, já nas cercanias da área, serve Yuri. O camisa 11 domina fazendo o giro e, mesmo desequilibrado, finaliza na saída de João Paulo. Pintura, pintura, PINTURA!

Comemore o 3 a 0 com a emissora oficial do Clube do Povo

39min – HAT-TRICK DO HOMEM! É GOL! É MAIS UM! É MAIS UM! DALE Ô, COLORADO EU SOU! É GOL, É SHOW DO INTER! UMA MANHÃ GIGANTE, À ALTURA DE SEU SIGNIFICADO! GOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! Moisés vai ao fundo e aplica drible desconcertante em Matheus Ribeiro. Com liberdade, o lateral cruza rasteiro, a zaga impede o gol de Mauricio, mas a sobra é dele, que tem perfume de gol! Yuri, Yuri, Yuuuuuuuuuuuuri para as redes!

Assim a Mais Vermelha narrou o hat-trick de Yuri

45min – Mais quatro. Vamos a 49!

46min – DANIEL! Bruno Silva escapa pela esquerda e, dentro da área colorada, rente à linha de fundo, cruza rasteiro. Goleiro alvirrubro encaixa.

48min – Yuri, servido por linda jogada de Cuesta, marca o quarto, mas o lance é invalidado pelo VAR.

49min – INTERVALO NO BEIRA-RIO! QUE PRIMEIRO TEMPO!


Segundo tempo

0min – Na Chapecoense, Denner deixa o campo. Entra Lima.

0min – Inter também retorna com novidades: Heitor, Boschilia e Cadorini, que estreia com o grupo principal. Sacados são Saravia, Dourado e Yuri Alberto.

2min – QUASE! Cuesta cobra falta frontal, e João Paulo espalma por escanteio.

7min – Boschilia cruza da direita, na medida para Cadorini, que acerta bonito cabeceio. Em dois tempos, João Paulo defende.

12min – CADOGOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DE ESTREAAAANTE! É GOL DE QUEM SABE! É GOL DE CENTROAVANTE! É GOL DO INTEEEEEER! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! Da direita, Heitor cobra escanteio na direção da segunda trave. Cadorini, com espaço, faz o gesto técnico perfeito para marcar o quinto do Inter. Que estreia com o grupo principal, minha cria!

A Rádio que mais acompanha a base colorada narrou assim o desencanto de Cadorini

14min – Patrick deixa o campo. Vem Gustavo Maia.

15min – Mike recebe na área colorada e finaliza bonito para descontar.

19min – Jordan amarelado por falta em Cadorini.

21min – Busanello por Mancha, Geuvânio por Marquinho. Trocas no time visitante.

23min – MILAAAAAAAAAAGRE! Inter roda a bola com qualidade, da esquerda para a direita. Taison é quem inverte o jogo, na medida para Heitor, que aciona Mauricio. O camisa 27 cruza na segunda trave, onde Gustavo Maia aparece livre. Ele cabeceia, e o goleiro, mesmo à queima-roupa, encaixa.

24min – Cadorini recebe o amarelo por falta em Ignácio.

26min – Paulo Victor vem a campo no lugar do ovacinado Taison. A gente te ama, ídolo!

36min – Lima cruza da direita, Mike emenda de primeira pela esquerda e marca para a Chapecoense.

37min – Kaio Nunes é a última mudança de Pintado. Saiu Moisés Ribeiro.

44min – Moisés leva o amarelo.

45min – Mais cinco. Vamos a 50!

50min – FIIIIIIIIIM DE JOGO! CINCO MUITO!


Ficha técnica:

Internacional (5): Daniel; Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Mauricio, Rodrigo Lindoso, Rodrigo Dourado (Boschilia) e Patrick (Gustavo Maia); Taison (Paulo Victor) e Yuri Alberto (Matheus Cadorini). Técnico: Diego Aguirre.

Chapecoense (2): João Paulo; Matheus Ribeiro, Ignácio, Jordan e Mancha; Moisés Ribeiro (Kaio Nunes), Renê Júnior (Anderson Leite) e Denner (Lima); Geuvânio (Marquinho), Mike e Bruno Silva. Técnico: Pintado.

Gols: Yuri Alberto, aos 1’/1ºT, 36’/1ºT e 39’/1ºT, Taison, aos 5’/1ºT, e Cadorini, aos 18’/2ºT (I). Mike, aos 15’/2ºT e 36’/2ºT (C).

Cartões amarelos:
Daniel, Moisés e Cadorini (I). Ignácio (C).

Arbitragem: Alisson Sidnei Furtado, auxiliado por Fábio Pereira e Cipriano da Silva Sousa. Quarto árbitro: Lucas Guimarães Rechatiko Horn. VAR: Leone Carvalho Rocha.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 8.506. Pagantes: 7.394. Menores: 99. Não pagantes: 1.013.

Renda:
R$ 474.842,00

“Meu sonho é fazer um gol para a galera!”, projeta Yuri sobre o primeiro encontro com a torcida colorada

O retorno do público ao Beira-Rio terá um significado ainda mais especial para parcela considerável do elenco do Colorado, formada por atletas que jamais atuaram diante do povo vermelho. Um exemplo desses é Yuri Alberto, atacante contratado em agosto de 2020, e que terá seu primeiro contato com a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande na manhã deste domingo (10/10), diante da Chapecoense. Entrevistado pelo Canal do Inter, o camisa 11 compartilhou sua expectativa por esse momento.

“Estou muito ansioso com esse jogo. Não peguei nenhum com a torcida aqui ainda, mas tenho certeza que vamos motivados, e que a torcida vai nos apoiar bastante. É uma motivação a mais que a gente vai ter dentro de campo. Aquele empurrãozinho da torcida é sempre muito gratificante. Como eu sempre falei, meu sonho é fazer um gol e ir para a galera.”

Yuri Alberto

Se a próxima rodada, de número 25 do Brasileirão, promete grandes emoções para Yuri, também a partida mais recente disputada pelo Inter – empate em 0 a 0 com o Ceará na quarta-feira passada (06/10) – reservou uma novidade especial para o atacante colorado. No castelão, o camisa 11 empunho, pela primeira vez, a braçadeira de capitão do Clube do Povo, gesto que, embora surpreendente, carrega significado conhecido pelo artilheiro.

“Eu fui pego de surpresa. Estava me arrumando para o aquecimento, e o Adriano (Loss, supervisor) veio com o papel. Falei que ele estava ‘zoando’, mas ele disse que era sério, que o homem tinha pedido. Então tá bom, né? Fui, assinei, e o pessoal ficou brincando, Mauricio e os moleques. Vários ídolos que passaram aqui usaram essa braçadeira, e eu, com 20 anos, poder estar usando, fico muito contente com isso. E que possa usar mais vezes.”

Yuri Alberto
Yuri empunhou a braçadeira diante do Ceará/Foto: Ricardo Duarte

Artilheiro colorado na temporada, Yuri é um dos pilares do time titular de Aguirre. No comando do ataque, o camisa 11 ocupou papel de protagonista na sequência de oito jogos de invencibilidade recentemente construída pelo Inter. Agora, após duas partidas sem vitórias, o avante acredita que os embates consecutivos no Beira-Rio, contra Chapecoense e América-MG, podem reconduzir o Clube do Povo à boa fase.

“A Chapecoense vem de um empate também. Vai ser um jogo muito importante, em casa, com torcida. Motivação está muito grande para nós, e espero que possamos sair com os três pontos. A gente pegou uma sequência boa de invencibilidade e vitórias, e acho que os dois jogos em casa vão ser muito importantes para retomar isso e poder alcançar um G4.

Yuri Alberto

Inter e Chapecoense se enfrentam, no Beira-Rio, a partir das 11h deste domingo. Partida de reencontro entre Colorado e torcida, o confronto conta com Check-In liberado para todas as modalidades de sócio do Clube do Povo. A reserva de ingressos, vale lembrar, ocorre até as 18h de sábado (09/10). Clique aqui e faça a sua!