Bastidores do empate na Vila

O Internacional foi até o litoral paulista, no final da tarde de domingo (22/08), para a disputa da 17ª rodada do Brasileirão. Após sair na frente logo aos sete minutos de jogo com gol de Mercado, que fez sua partida de estreia com a camisa colorada, o Clube do Povo sofreu a virada ainda no segundo tempo, mas buscou a igualdade, aos 44 da etapa final, com Yuri Alberto. Agora, o Canal do Inter te apresenta os Bastidores do confronto!

Pós-jogo | “Hoje era o jogo da nossa vida”, declara Moisés sobre a vitória contra o Olimpia

Na garra e na bola, o Inter superou o Olimpia, na noite desta quinta-feira (20/05), e chegou aos nove pontos na Libertadores. Líder do grupo B, o Clube do Povo contou com gol de Yuri Alberto para vencer a partida, válida pela quinta rodada, e encaminhar classificação às oitavas da América. Após o jogo, Moisés e Miguel Ángel Ramírez concederam coletiva e repercutiram o triunfo no Paraguai. Confira íntegra e principais aspas!

“Sabíamos que o Olimpia vinha para a guerra. Em casa, até o final, insistindo. E, com as trocas, entraram jogadores frescos que permitiram seguir competindo até o final. Mas acredito que foi a partida em que fomos mais fiéis ao plano de jogo durante mais tempo. Fiéis ao que queremos, ao que estamos trabalhando desde que chegamos. Estou contente com o desempenho.”

Miguel Ángel Ramírez
A íntegra da coletiva de Miguel Ángel Ramírez

“Não nos sentimos classificados.

Temos que ganhar em casa

para classificar e para

ser primeiros.”

Miguel Ángel Ramírez

Sabíamos que hoje era o jogo das nossas vidas. Jogo chave, que precisávamos vencer. Agora, vamos comemorar a vitória, descansar e, no restante da semana, trabalhar a equipe do nosso adversário, nosso maior rival, para chegar bem, fazer um ótimo jogo e, se Deus quiser, sair campeões.”

Moisés
A íntegra da entrevista de Moisés

“Vestir a camisa do Internacional

envolve pressão o tempo todo.

A responsabilidade é

muito grande.”

Moisés

Quem também falou, mas de maneira exclusiva para a Mídia do Inter, foi Yuri Alberto. Artilheiro solitário da noite, o camisa 11 celebrou a importante participação que assumiu na partida, além de pedir desculpas à torcida pela expulsão nos minutos finais. Veja:

Antes da coletiva, o lateral Moisés, eleito o melhor em campo pela Conmebol, também conversou com as redes do Clube do Povo. Assista à fala do camisa 20, que destacou o efeito da vitória no anímico do grupo colorado.

Inter tem atuação de gala e despacha o Olimpia: 6 a 1

Grupo comemora o primeiro gol da noite/Foto: Ricardo Duarte

Chuva de gols! O gramado do Beira-Rio sediou uma atuação irretocável do Inter nesta quarta-feira (05/05). Disputada a partir das 21h, a jornada colorada contra o Olimpia, válida pela terceira rodada do grupo B da Libertadores, foi encerrada com imponente 6 a 1 alvirrubro. Victor Cuesta, Edenilson, Thiago Galhardo, duas vezes, Yuri Alberto e Caio Vidal marcaram na maior goleada da história do Clube do Povo na competição, que também marcou a reestreia de Taison com o manto vermelho.

> Confira as entrevistas pós-jogo

Pela Libertadores, o Inter volta a campo na próxima terça-feira (11/05), às 19h15, na Venezuela. O adversário, no Estádio Pueblo Nuevo, será o Deportivo Táchira. Antes, o Clube do Povo disputa, às 19h deste sábado (08/05), os últimos 90 minutos da semifinal do Gauchão. No Beira-Rio, os comandados de Miguel Ángel Ramírez jogam para reverter o 1 a 0 conquistado na ida pelo Juventude.

Inter é líder do grupo B da Libertadores/Foto: Ricardo Duarte

O Taison voltou!

Exatos 4.271 dias depois, Taison voltou a vestir a camisa colorada. Novo 10 do Clube do Povo, o atacante reestreou pelo Inter como titular, e teve grande atuação, protagonizando boas oportunidades ao longo dos 72 minutos que passou dentro de campo. Anunciado no último dia 16 de abril, o pelotense participou, por exemplo, do terceiro gol do Inter, armando jogada finalizada por Galhardo. O filho retornou para casa!

Ele está de volta!/Foto: Ricardo Duarte

Inter envolvente

Com o objetivo de surpreender, o Olimpia tentou pressionar o Inter nos primeiro cinco minutos de partida. Logo, porém, descobriu que a postura avançada tinha como consequência a oferta de espaços na defesa. Ofensivo, o Clube do Povo os explorou, inicialmente, pela esquerda, flanco ocupado por Mauricio, Moisés e, na fase ofensiva, Taison.

Zagueiro-artilheiro, Cuesta marcou mais um na Libertadores/Foto: Ricardo Duarte

A partir dos 15, o Inter inverteu o lado sobrecarregado. Pela direita, Taison, com liberdade, atuou próximo de Rodinei e Marcos Guilherme, em nova postura que encontrou o mesmo fim: pressão colorada. De tanto martelar, o Clube do Povo abriu o placar em filme conhecido. Rodinei, da direita, cobrou escanteio. Cuesta, na pequena área, testou para as redes. Inter na frente, e assim seguiria até o intervalo.


Atropelo

Frio, calculista e colorado: Edenilson segue impecável nas penalidades/Foto: Ricardo Duarte

A diferença entre as etapas primeira e segunda do Inter ficou por conta da efetividade. Após o intervalo, o Colorado converteu tudo que criou. Minutos depois do reinício do confronto, Mauricio tentou acionar Moisés, mas teve sua assistência cortada por mão do zagueiro. Pênalti, que Edenilson converteu.

Os gols de número três e quatro coincidiram no autor. Primeiro, Galhardo pegou rebote de Marcos Guilherme, então servido por Taison, para completar em direção às redes abertas. Depois, Thiagol foi mais ousado: assistido por Praxedes, partiu de frente com Olveira e encobriu o desnorteado arqueiro. Virava goleada – mas tinha mais!

Galhardo marcou dois e chegou a três na Libertadores/Foto: Ricardo Duarte

Alçado a campo no lugar do artilheiro da noite, Yuri fez o quinto. O camisa 11 completou para as redes linda jogada coletiva, iniciada na defesa, abrilhantada por Rodinei, e assinada pelo garçom Marcos Guilherme. Logo depois, Caio Vidal aprontou.

Yuri também deixou o dele, segundo que marca na competição/Foto: Ricardo Duarte

Caio ficou com a sobra de corte parcial da defesa, que sofreu para afastar cruzamento de Saravia, lateral que voltou aos gramados após mais de sete meses, e emendou bicicleta cinematográfica. Pintura, de número 200 da história colorada na Libertadores, 400º anotado no Beira-Rio desde a reinauguração de nossa casa. No apagar das luzes, Derlis González ainda fez o de honra paraguaio.

Ciclista Caio fez uma pintura no Beira-Rio/Foto: Ricardo Duarte

Melhores momentos – primeiro tempo

3min – UUUUUUUUUUUUUUUUH! Taison, ele está de volta! Camisa 10 costura da esquerda para o centro, aciona Galhardo e, em altíssima velocidade, invade a grande área. Cara a cara com Olveira, ele tenta a assistência para Marcos Guilherme, mas a zaga corta.

5min – Arriscou! Sosa, da intermediária ofensiva, finaliza direto pela linha de fundo.

8min – PRA FOOOOOOOOOOOOOOOOORA! Taison, de novo ele! Da esquerda da grande área para a quina do retângulo, camisa 10 conduz antes de cruzar aberto. Edenilson raspa na bola, mas não consegue colocar direção. Saiu por detalhe!

10min – Atento, Olveira! Moisés aplica uma meia-lua no marcador e invade a área. Antes dele, goleiro deixa a meta e encaixa rasteiro.

16min – ERA O GOL! Marcos Guilherme intercepta a saída de bola paraguaia, ajeita com Galhardo, o 17 devolve e, praticamente na marca do pênalti, Relâmpago não consegue o arremate.

17min – AMARELOU! Polenta puxa Marcos Guilherme. Falta e cartão indicados.

18min – OLVEIRA! Moisés, em frente à grande área, mais pela direita, cobra falta direta. Goleiro, ligado, encaixa.

21min – UH! Edenilson, pela direita de grande área, cruza. Taison, invadindo o retângulo, finaliza. Por cima.

28min – Inter faz a zaga rival dançar! Dourado aciona Taison. Na pequena área, ele deixa mais atrás para Rodinei, que cruza, mas é travado.

28min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! NÃO, NÃO É DÉJÀ VU! NÃO É FILME REPETIDO! CUESTA, CUESTA, CUESTAAAAAAA! Rodinei cobra escanteio pela direita com muito açúcar, rasante. Na pequena área, Victor Cuesta se atira em lindo peixinho e testa para as redes paraguaias. Inter na frente!

A emoção do gol de Cuesta na narração da Rádio Colorada

31min – UHH! Quase, quase! Dourado desarma a saída de bola rival e deixa com Taison, que avança pelo centro e abre jogo com Mauricio. Da esquerda da grande área, o 27 cruza para Galhardo, que testa por cima.

34min – OLVEIRA! Taison serve linda assistência para Galhardo. Pela direita da grande área, o camisa 17 manda chute cruzado, mas o goleiro encaixa.

36min – Recalde é lançado na área colorada. Antes dele, Zé Gabriel faz o corte, mas ela desvia no atacante e toma a direção do gol vermelho. Lomba encaixa!

37min – TÁ BONITO! Taison pra Mauricio, que cruza aberto. Marcos Guilherme pega a sobra, aciona Rodinei e dele novamente ao camisa 27, que cruza rasteiro. Galhardo domina e faz o pivô para Edenilson, que chega batendo. Olveira encaixa.

40min – Só assim para parar! Silva derruba Mauricio e recebe o amarelo.

42min – UH! Rodinei, pela esquerda da intermediária, cobra falta direto. Passou perto!

44min – Alejandro Silva invade a área colorada pela direita e cruza rasteiro. Ninguém completa, e ela sai em tiro de meta.

45min – A placa sobe indicando mais um. Vamos a 46.

46min – Intervalo de jogo no Beira-Rio!


Segundo tempo

3min – MILAAAAAAAGRE! Taison, da esquerda para o centro, enfia em Marcos Guilherme. Na profundidade, o camisa 23 finaliza, mas o goleiro opera um milagre.

3min – ERA O SEGUNDO! Taison, rodeado de cinco defensores paraguaios, percebe Galhardo livre e serve. O camisa 17 finaliza e marca, mas é flagrado em condição irregular pela arbitragem.

5min – É PÊNALTI! Marcos Guilherme intercepta a saída de bola do Olimpia e serve Taison. Ele deixa com Mauricio, que tenta a cavadinha para Moisés, mas tem seu passe interceptado pela mão de Benítez. PENALIDADE!

6min – É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO COLORADO, DO CLUBE DO POVO, DA ACADEMIA DO POVO, DA ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕÕÕÕÕÕÕES! EDENILSON, EDENILSON, SUPEREDDD! Com a tranquilidade costumeira, camisa oito cobra bem demais. Goleiro para o lado esquerdo, bola na rede direita, festa no Gigante!

A narração da emissora do Clube do Povo para a cobrança de Edenilson

8min – Edenilson recebe o amarelo após discussão com Ortiz, do Olimpia.

9min – Sosa sai, Derlis entra. Roque Santa Cruz também é novidade, sacando Rojas.

18min – GOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO, DA ACADEMIA DO POVO, DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! THIAGOL, THIAGOL, THIAGOL GALHARDOOOOOOOOO! Taison recebe pela esquerda da grande área e enfia para Marcos Guilherme, que ainda conta com corta-luz de Galhardo para receber em liberdade. Ele finaliza, Olveira espalma, mas o rebote foi imperdoável. De primeira, Thiagol manda para as redes paraguaias e faz o terceiro!

Thiagol marca, Rádio Colorada comemora

19min – Derlis González acerta carrinho violento em Rodinei. Amarelo apresentado.

20min – Muda o Inter. Vem Praxedes, sai Mauricio.

22min – Ojeda desarma na área colorada e finaliza. Pra fora, por pouco.

25min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOL NÃO, GOLAÇOOOOOOOOOOOO! PINTURA! OBRA DE ARTE! ESPETÁCULO! GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO DO CLUBE DO POVO, QUE ENCHE DE ALEGRIA OS NOSSOS CORAÇÕES! Galhardo tabela com Praxedes e recebe passe espetacular da cria colorada. Cara a cara com Olveira, o 17 finaliza por cima. Enorme tranquilidade para encobrir o goleiro, frieza para ampliar a goleada no Gigante!

A pintura de Galhardo na voz da emissora do Clube do Povo

26min – Três mudanças no Inter! Yuri Alberto, Nonato e Caio Vidal entram, Thiago Galhardo, Edenilson e Taison saem.

26min – No Olimpia, novidades. Camacho e Otálvaro vêm, Silva e Benítez vão.

31min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOL! PISCOU? O INTER MARCOU! PISCOU? O COLORADO CHEGOU! Inter sai com enorme tranquilidade do campo de defesa, trocando passes. Pela direita, Rodinei recebe com liberdade e serve Marcos Guilherme. Nas costas da marcação, o camisa 23 avança até a grande área e, cara a cara com Olveira, serve Yuri. O camisa 11 empurra para as redes e faz o quinto!

Na voz da Mais Vermelha, o gol de Yuri Alberto

32min – Muda o Inter! Afastado dos gramados desde 29 de setembro de 2020, Saravia é quem entra. Rodinei saiu.

32min – Saulcedo substitui o lesionado Polenta.

34min – GOOOOOOOOOOLAAAAAAAAAAÇO! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOLAAAAAAAAAAAÇO! PINTURA! O MEU GURI É OUSADO! É LIGEIRO! É DIFERENTE! Saravia arranca pelo corredor direito, puxa para a canhota e cruza na segunda trave. A zaga consegue o corte, mas apenas parcial, pois Caio percebe a bola à feição para emendar linda bicicleta e arrisca. Indefensável, com a benção de Luís Fernando, com a classe do Celeiro, com a assinatura colorada: 6 a 0!

A ousadia de Caio pelos microfones da Colorada

38min – Pênalti para o Olimpia, cometido por Dourado em cima de Otálvaro.

40min – Derlis González desconta.

45min – Vamos a 48! Mais três!

48min – UM, DOIS, TRÊS, QUATRO, CINCO E SEIS! FIM DE PAPO NO BEIRA-RIO!


Ficha técnica:

Internacional (6): Marcelo Lomba; Rodinei (Renzo Saravia), Zé Gabriel, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson (Nonato) e Mauricio (Bruno Praxedes); Marcos Guilherme, Thiago Galhardo (Yuri Alberto) e Taison (Caio Vidal). Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

Olimpia (1): Gastón Olveira; Alan Benítez (Sergio Otálvaro), Antolín Alcaraz, Diego Polenta (Saul Salcedo) e Iván Torres; Richard Ortiz e Rodrigo Rojas (Roque Santa Cruz); Alejandro Silva (Nestor Camacho), Braian Ojeda e Ramón Sosa (Derlis González); Jorge Recalde. Técnico: Sergio Orteman.

Gols: Victor Cuesta, aos 28’/1ºT, Edenilson, aos 6’/2ºT, Thiago Galhardo, aos 18’/2ºT e 25’/2ºT, Yuri Alberto, aos 31’/2ºT, e Caio Vidal, aos 34’/2ºT (I). Derlis González, aos 40’/2ºT.

Cartões amarelos: Edenilson (I); Diego Polenta, Derlis González e Alejandro Silva (O).

Arbitragem: Facundo Tello, auxiliado por Gabriel Chade e Ezequiel Brailovsky. Quarto árbitro: Nestor Pitana. Quarteto argentino.

Estádio: Beira-Rio.

Yuri comemora boa fase e projeta reta final do Brasileiro

Camisa 11 colorado, o atacante Yuri Alberto conversou de maneira exclusiva com a Mídia do Inter nesta terça-feira (02/02). Titular em cinco das seis partidas disputadas pelo Clube do Povo em 2021, o jovem de 20 anos comemorou a grande fase do time de Abel Braga e projetou a sequência de desafios presentes no calendário vermelho.

“É um momento muito especial que a gente vem vivendo aqui no Internacional, pra mim e pra todos os jogadores também. Estou feliz pelo momento que o Clube vem vivendo, uma sequência de nove vitórias é muito difícil, mas a gente vai tentar aumentar isso. Estamos muito próximos do nosso objetivo.

Yuri Alberto

Contratado em agosto do ano passado, Yuri já soma 11 gols com a camisa colorada. Do montante, cinco foram marcados em 2021, ano que já contou com hat-trick do atacante, peça fundamental na vitória de 5 a 1 sobre o São Paulo, no último dia 20 de janeiro. Positivos, os números também foram destacados pelo camisa 11, que segue obstinado a ajudar o Clube do Povo da maneira que for possível.

“Estou muito feliz pelo meu momento aqui, venho fazendo muitos gols. Nos últimos dois jogos acabei não marcando, mas continuo ajudando minha equipe da maneira que der. Vamos continuar trabalhando porque quinta-feira tem mais um grande jogo.”

Yuri Alberto

Dos gols marcados pelo atacante, 10 saíram no Campeonato Brasileiro. O outro, na Copa do Brasil. Destro, usou de sua perna preferencial para mandar quatro bolas às redes. De cabeça, fez dois, e com a canhota, que de ruim não tem nada, marcou outros cinco, incluindo bola espirrada diante do Fortaleza. Rico, o repertório de Yuri não é simples obra do acaso.

Desde os meus sete anos, com o meu pai, sempre treinei as finalizações de esquerda. Ele pega no meu pé. Meio que não tenho uma perna ruim, como quando fiz gol contra o Ceará e Palmeiras, que pude dar uma cavada. Tenho também feito gols de cabeça aqui no Internacional. Então, muito feliz e confiante, né, cara? Do jeito que ela vem, ela vai entrar, se Deus quiser!

Yuri Alberto

A relação com o pai também conta com desafio particular. Acostumado a ver seus irmãos tatuados, Yuri não esconde a vantagem de também fazer as suas tatuagens. Para realizar o sonho, contudo, o atacante precisa atingir 15 gols como profissional – marca cada vez mais próxima.

“Desde quando eu subi
pro profissional, meu pai falou:
‘você só vai poder fazer tatuagem depois
de 15 gols como profissional’.
Agora, falta só mais um.”

Yuri Alberto

Restando cinco jogos em disputa para o Clube do Povo no Brasileirão, Yuri sabe qual é o grande objetivo colorado no torneio. Consciente também do caminho a ser seguido em busca das metas, o atacante reforça a importância do foco em cada partida. A próxima, diante do Athletico, será, como sempre, a mais difícil.

“Vai ser mais um grande jogo,
um jogo difícil, mas estamos preparados,
trabalhando muito
para conseguir
esses três pontos na quinta-feira.

Yuri Alberto

Inter vence a sexta seguida e fica a um ponto do topo do Brasileirão

Vence o Clube do Povo! Pela segunda vez na história dos pontos corridos, o Inter chega a seis vitórias consecutivas no Brasileirão. Diante do Fortaleza, em partida iniciada às 20h30 deste domingo (17/01), os comandados de Abel Braga somaram mais três pontos após triunfo por 4 a 2, no Beira-Rio. Yuri Alberto, Rodrigo Dourado, Peglow e Carlinhos, contra, marcaram para o Colorado, enquanto Wellington Paulista e Romarinho descontaram para os visitantes.

+ Confira as aspas do pós-jogo

+ Assista aos Bastidores da partida

O Clube do Povo volta a campo na próxima quarta-feira (20/01), às 21h30, quando visita o líder São Paulo, no Morumbi. Partida da 31ª rodada do Brasileirão, envolve Inter, segundo colocado com 56 pontos, e Tricolor paulista, dono de 57.


Início de jogo intenso

Difícil resumir a intensidade dos primeiros movimentos de partida. Apostando em time leve na linha de frente, formada por três atletas de velocidade, o Fortaleza focou excessivamente no ataque e, cedo no jogo, ofereceu espaços na retaguarda. Patrick e Praxedes perceberam. Após lançamento do Pantera, a jovem cria levantou bola açucarada na área, que Yuri cabeceou. Felipe Alves salvou, mas o rebote explodiu no 11 do Inter e morreu nas redes. Vantagem!

Após o gol, o Inter seguiu insistindo pela esquerda. Por ali, cavou falta importante que Moisés cobrou com açúcar. Alçada aos 9, a bola encontrou o soberano artilheiro Rodrigo Dourado, que cabeceou forte, no contrapé. Dois a zero, que aos 13 foi encurtado por Wellington Paulista, convertendo penalidade.

Atingida a casa dos 15 minutos, o Clube do Povo reduziu a velocidade da partida. Com um inspirado Praxedes, que ditou os movimentos do jogo, o Inter acumulou novas chances até o encerramento da etapa inicial. A maioria pelo lado esquerdo, de Moisés e Patrick. Mesmo assim, o resultado não voltou a ser alterado – embora até Cuesta tenha tentado, em linda cobrança de falta que encontrou o poste.


Sustos, mas vitória

Caixinha de surpresas, o futebol sabe ser injusto. Após minutos de amplo domínio colorado na volta do intervalo, que contaram com bola na trave e arremate cortado em cima da linha, Romarinho empatou para os visitantes aos 10.

Durante 15 minutos, o empate perdurou no placar. Foi preciso que o rico Celeiro de Ases, sempre catalisado por Abel Braga, entrasse em ação. Alçado a campo logo depois do gol rival, Peglow acompanhou jogada magistral de Patrick pela esquerda e, ao perceber a bola cruzada na área, completou de carrinho. Gol aos 25!

Inter 3 a 2? Logo virou quatro. Gol contra de Carlinhos, o último da noite saiu depois de veloz contra-ataque. Moisés acionou Praxedes, que mandou a bomba. Felipe Alves salvou, a bola rebateu em seu defensor e, nas redes tricolores, enfim morreu, garantindo três pontos fundamentais para o vice-líder do país!


Melhores momentos – primeiro tempo

3min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! YURI, YURI, YURI ALBERTO É O PAI DA CRIANÇA! Dourado intercepta troca de passes do Fortaleza e aciona Patrick, que dispara pelo centro e, já na intermediária ofensiva, estica para Praxedes. A jovem cria cruza da esquerda na cabeça de Yuri Alberto, que manda um testaço. Felipe Alves salva, mas o rebote explode no camisa 11 colorado e morre nas redes tricolores!

O gol de Yuri Alberto na voz da Rádio Colorada

6min – Osvaldo chega com perigo, invade a direita da área colorada e finaliza. Desviada, ela sai em escanteio.

7min – UH! Moisés dispara pela esquerda e cruza com perigo. Na primeira trave, Wanderson corta. Foi por pouco!

9min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO! É GOL COM DNA COLORADO, COM DNA DO CELEIRO, É GOL DE CAPITÃO! DOURADO, DOURADO, DOURADO! Moisés cobra falta na segunda trave. Soberano, Dourado sobe mais do que a zaga rival e testa para o fundo das redes de Felipe Alves. Vantagem no placar!

Comemore o gol de Dourado na narração da Mais Vermelha

11min – Pênalti para o Fortaleza. Caio Vidal derruba Carlinhos.

13min – Wellington Paulista desconta para os visitantes.

18min – UUUUUUUUUH! Tinga recua bola perigosa para Felipe Alves. Antes do goleiro, Yuri se estica todo e desvia. Felipe Alves manda para escanteio. Quase o terceiro!

27min – FALTA! Lucas Ribeiro faz fila, dribla três e chega às cercanias da grande área, até ser derrubado com falta de Paulão. Amarelado!

28min – NO POOOOOOOSTE! QUE COBRANÇA, PATRÓN! Cuesta cobra, a bola supera a barreira e teimosa, caprichosa, explode no travessão. Seria um golaço do camisa 15 colorado!

29min – SAAAAAAALVA, TINGA! Praxedes pega a sobra de confusão na grande área cearense e, colocado, finaliza buscando o canto. Lateral adversário corta de cabeça e manda, por escanteio, bola que tinha endereço certo.

38min – PRA FOOOOORA! Praxedes clareia todo o jogo com Patrick, que escapa em altíssima velocidade e abre para Moisés. O lateral invade a grande área e cruza na segunda trave, buscando o Pantera. Preciosa, a bola encobre goleira e companheiro, saindo em tiro de meta.

45min – Mais dois. Vamos a 47.

47min – Encerrada a primeira etapa!


Segundo tempo

1min – ELA NÃO ENTROU? MEU DEUS! Moisés dispara em altíssima velocidade pela esquerda e cruza na segunda trave. Felipe Alves erra o corte e ela chega, ao lado do poste, limpa para Caio, que finaliza na trave. O rebote é de Yuri, que manda uma bomba para o gol aberto. Em cima da linha, Paulão corta. QUE CHANCE!

5min – PRA FOOOOOOOOOOOORA! Rodinei cobra falta pela direita da intermediária na cabeça de Yuri. Camisa 11 escora e ela sai tirando tinta do travessão!

7min – É PRESSÃO! Praxedes ergue pela direita. Na área, Yuri domina no peito e, sem deixar ela cair, manda o pataço. Por cima, por pouco.

10min – Romarinho empata para o time visitante.

11min – Muda o Inter. Peglow entra, Caio sai.

16min – Muda o Fortaleza. Vem Gabriel Dias, sai Osvaldo.

17min – David recebe de Romarinho, sai na frente de Lomba e finaliza para fora.

24min – UH! Edenilson vira o jogo com Peglow, que domina no peito e, dentro da área, cruza fechado. Ao lado do travessão, a bola sai em tiro de meta.

25min – Tinga recebe o cartão por falta em Dourado.

25min – GOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA DO POVO! É, DE NOVO, DO CELEIRO! PEGLOW, PEGLOW, PEGLOW! Patrick entorta todo mundo pela esquerda, invade a área rival e rola para trás. Peglow, de carrinho, chega finalizando de primeira e manda para o fundo das redes. QUE JOGADA DO MEU PANTERA! QUE GOL DA MINHA CRIA!

A narração da Rádio Colorada para o gol de Peglow

30min – GOL! GOL! GOL! GOL! GOL! GOL DO INTER! GOL DO CLUBE DO POVO! GOOOOOOOL COLORADO! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! MOISÉS DISPARA EM ALTÍSSIMA VELOCIDADE, QUE CONTRA-ATAQUE! Do lateral para Praxedes, que solta uma bomba. Felipe Alves espalma, mas o rebote volta a ser explosivo. Desta vez, em Carlinhos, que atenta contra o patrimônio.

O quarto gol na emissora oficial do Clube do Povo

31min – Mudanças no Fortaleza. Entram Yuri César e Mariano Vázquez. Saem Tinga e Wellington Paulista.

34min – No Inter, duas trocas. Yuri Alberto por Abel Hernández, Lindoso por Praxedes.

39min – Mariano Vázquez recebe em profundidade, na área colorada, e finaliza com a canhota. Ela sai ao lado do poste direito de Lomba.

40min – Encerradas as mudanças no Fortaleza: Bergson por David, Ronald por Felipe.

41min – Abel completa as trocas. Mauricio por Patrick, Johnny na vaga de Dourado.

43min – Wanderson leva o amarelo por falta em Abel.

45min – Mais quatro. Vamos a 49!

49min – Fim de jogo! VITÓRIA COLORADA!


Ficha técnica:

Internacional (4): Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado (Johnny) e Edenilson; Caio Vidal (João Peglow), Bruno Praxedes (Rodrigo Lindoso) e Patrick (Mauricio); Yuri Alberto (Abel Hernández). Técnico: Abel Braga.

Fortaleza (2): Felipe Alves; Tinga (Yuri César), Paulão, Wanderson e Carlinhos; Juninho e Felipe (Ronald); Osvaldo (Gabriel Dias), Romarinho e David (Bergson); Wellington Paulista (Mariano Vázquez). Técnico: Enderson Moreira.

Gols: Yuri Alberto, aos três, e Rodrigo Dourado, aos 9 minutos do primeiro tempo, João Peglow, aos 25, e Carlinhos, contra, aos 30 minutos do segundo tempo (I). Wellington Paulista, aos 13 minutos do primeiro, e Romarinho, aos 10 do segundo tempo. (F).

Cartões amarelos: Paulão, Wanderson e Tinga (F).

Arbitragem: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC), auxiliado por Alex dos Santos (SC) e Éder Alexandre (SC). Quarto árbitro: Anderson da Silveira Farias (RS). Árbitro de Vídeo (VAR): Wagner Reway (PB). Auxiliares do VAR: Rodrigo Batista Raposo (DF) e Oberto da Silva Santos (PB).

Estádio: Beira-Rio, Porto Alegre (RS).